Club Pathfinders Estrelas de Ágape
Associação Sul Do Pará

Data shown here is the responsibility of Club director Estrelas de Ágape
Estrelas de Ágape

Estrelas de Ágape

Pathfinders

  • Members 42
  • Leadership 17
  • Total 59

Club information

Foundation

15/06/2013 (6 YEARS)


Region

DISTRITO - PARAUAPEBAS - VILA RICA


Address

AVENIDA HAVANA, QD. 36, LT. 13 - VILA RICA
PARAUAPEBAS - PARÁ
68515000


Main meeting

SUNDAY
08:00:00


Classification

O Clube Estrelas de Ágape foi fundado (reimplantado) no dia 15 de Junho de 2013 (não há registro datado em ata sobre a história do Clube antes dessa data) em uma reunião de Comissão na IASD do Vila Rica, Parauapebas – PA, sob a presidência do Pr. Felipe Mariano com a presença dos seguintes membros: Joás Bento, Tone Carlos, Diego Santana, Carlos Alberto, Edna Pinho, Izis Mendes, Marcos Lima, Cleiton Cutrim, Maria de Lourdes, Rinda Conceição, Francisco Augustinho e Gilvanete Leite, onde foi aprovada a reimplantação do Clube de Desbravadores Estrelas de Ágape, tendo como diretor e colaboradores o irmão Heldemárcio Cunha, Jhonata Malha e Girlane.
O que se sabe antes disso é que a então Regional Antônia selecionou algumas pessoas da sua equipe regional para que criassem/reativassem Clubes nas igrejas que não tinham Clube de Desbravadores ativo. Com isso, a Regional Antônia apresentou à comissão da igreja do Vila Rica o irmão Heldemárcio que ficaria responsável pela reimplantação do Clube nesta igreja (anteriormente chamado Agnus Dei e que, infelizmente, não progrediu). Com isso, foi acordado pela comissão da igreja que a liderança do Clube escolhesse outro nome para o Clube do Vila Rica. Ao ser levado a ideia para a liderança do Clube todos aprovaram. Metade da liderança optou pelo nome "Constelação" e a outra metade preferiu que o Clube fosse chamado de "Ágape". Então, para agradar a todos os membros de sua liderança, o então diretor Heldemarcio decidiu aglutinar os dois nomes sugeridos e, de forma criativa, sugeriu o nome "Estrelas de Ágape", sendo aprovado, unanimemente, por todos. A ideia original do nome “Estrelas de Ágape” é simbólica, significando “Mensageiros do Amor de Deus” (em profecia, a palavra “estrela” significa anjo, mensageiro; e a palavra “ágape” significa o amor maior, o amor de Deus). A partir de então foi feito o brasão e a primeira bandeira do Clube. Em 2014, foi realizada a primeira pernoite do Clube em um percurso de 16 km. O diretor Heldemárcio permaneceu no Clube no período de Junho de 2013 à Outubro de 2014.
Em 2015 assumia a nova liderança do Clube, sob a direção do diretor Carlos Alberto. Neste mesmo ano o brasão do Clube foi recriado, sendo idealizado pelo diretor associado do Clube, Neilson Gonçalves, e desenhado pelo então instrutor do Clube, Rubenildo Lima. A mudança aconteceu para que a arte do brasão tivesse relação com o nome do Clube e fizesse jus ao seu significado. A antiga estrela de cinco pontas trazendo consigo uma faixa com o nome do Clube deu lugar à figura majestosa de Cristo, tendo do seu lado esquerdo três estrelas representando os anjos (mensageiros) que levam as três mensagens angelicais ao mundo. O brasão também traz consigo informações sobre a geolocalização do Clube no Brasil, Estado, Cidade e Associação que pertencemos.
No ano de 2016, o Clube participa do seu primeiro Campori da União Norte Brasileira “Os Escolhidos”, sediado na cidade de São Luís – MA, sob a direção do então diretor Carlos Alberto e seus associados Cleude Linhares e Neilson Gonçalves. Participaram desse evento 15 desbravadores, incluindo a direção do Clube, que saíram desse Campori com a premiação máxima (cinco estrelas). Neste mesmo ano a metade do Clube conseguiu se padronizar com o uniforme completo de campo da ASPA.
Em 2017, sob a direção do atual diretor Neilson Gonçalves e seus associados Dulcimary Gonçalves e Jeferson da Silva, o Clube Estrelas de Ágape começou a organizar a sua Secretaria Padrão e a alimentar o Sistema de Gerenciamento de Clubes (SGC), bem como a estruturar as unidades e o Clube. Para isso foi realizada a I Trilha dos Bravos “O Brilho da Conquista”, do Clube Estrelas de Ágape, na Associação da Mocidade Adventista de Parauapebas (AMAP), nos dias 23 a 25 de junho deste ano. Foi elaborado um Guia de Orientações Gerais (GOG) para que as unidades cumprissem os requisitos para serem premiadas no final do evento. Até o dia do acampamento o Clube conseguiu adquirir sua primeira machadinha (na cor do Clube e gravado na parte metálica da machadinha o nome do Clube) e as unidades também conseguiram adquirir suas machadinhas e os seus banderins completo (com mastro, nome do clube bordado e os brasões das unidades sublimado). Os brasões das unidades (Áquila, Guerreiros de Órion, Rígel e Ursa Maior) foi idealizado pelo diretor Neilson Gonçalves e projetado no Corel Draw pelo nosso irmão Rubenildo Lima, para que os brasões tivessem relação com o nome das unidades tal como os nomes das unidades eram relacionados com o nome do Clube, recebendo aprovação da Comissão Regular do Clube. A nossa I Trilha dos Bravos deu direito a troféus e trunfos personalizados com o tema do acampamento. Fizeram-se presentes o Regional Dionatas, a Distrital e Líder Kárita (Distrito Cidade Jardim), o Distrital e Líder Aldo (Distrito Rio Verde), o Líder Denis e a esposa do nosso Pr. Jetro, a Isabele.
No dia 27 de Agosto participamos do I Encontro de Clubes do Distrito de Cidade Jardim e Vila Rica. Pela primeira vez na história do Clube participamos de uma apresentação de ordem unida onde, entre 14 Clubes ali representados, conquistamos o 2° lugar na ordem unida, o que foi motivo de grande alegria para nós! Fomos também muito bem representado em todas as outras provas!
No dia 7 de Setembro participamos do nosso primeiro desfile cívico, de forma representativa (levando o nome do Clube), com 15 desbravadores.
Ainda temos planos para este ano como uniformizar todo o Clube, participarmos do I Mega Camp (realizado pelo Polo III) e recebermos a premiação máxima do Ranking de 2017 da ASPA.