Club Pathfinders Estrela da Paz
Associação Paulista Do Vale

Data shown here is the responsibility of Club director Estrela da Paz
Estrela da Paz

Estrela da Paz

Pathfinders

  • Members 18
  • Leadership 10
  • Total 28

Club information

Foundation

01/03/1986 (33 YEARS)


Region

5º REGIÃO - DESB.


Address

RUA AURORA PINTO CUNHA 131 CENTRO DA JUVENTUDE - JARDIM AMERICA
SÃO JOSÉ DOS CAMPOS - SÃO PAULO
12235110


Main meeting

SUNDAY
09:00:00


Classification

Histórico do clube Estrela da Paz
Havia em São José dos Campos na igreja de um clube de Desbravadores com uma garra muito grande que se chamava Xavantes, este foi o primeiro clube da cidade. Infelizmente este clube um dia deixou de existir. Passou algum tempo e a igreja do Parque Industrial queria ter um clube e resolveu reativar este clube, e em 1983 voltou a funcionar o clube Xavantes ao comando de Maria Aparecida Calado (está viva?), e ao seu lado estava seu irmão Arnaldo Calado e João Valentin.
Dia 11 de maio de 1985 o clube passa para as mãos de Sebastião Bayer, que resolve devolver o nome Xavantes para a igreja na qual foi criado IGREJA na qual foi criado. O clube agora passa a se chamar SOLDADOS DO REI. Com a ajuda da Cecília de Assis as fardas foram confeccionadas e todo o clube foi uniformizado na ocasião o clube contava com em média Desbravadores, em sua equipe de diretoria contava com; Arnaldo Calado, João Valentim, Maria do Rosário, Cecília, Sebastião de Assis e Cecílio que os acompanhava em toas as saídas.
Em 07 de junho den1986 até 1988, assume a direção do clube Sebastião de Assis e este muda o nome do clube, pois descobre que já existe um clube com o nome de Soldados do Rei, então nasce o ESTRELA DA PAZ. No decorrer desses anos o irmão Sebastião teve como sua equipe Arnaldo Calado, João Valentim, Cecília de Assis, Lourival Ferreira, Rute Dantas, Flavo de Jesus Santos Francisco, Alberto Amaral, Ivone (Keke), Lia, Daniel, Ivanice, Maria do Rosário, Antônio Felismino (Toni).
Em 22 de junho 1986 acontece o primeiro acampamento, acampamento este que é sempre lembrado em virtude do livramento que Deus realizou. O acampamento foi feito junto com o clube Xavantes até então os 2 únicos clubes da cidade, e contava com o numero de 46 desbravadores ao todo, o acampamento aconteceu em na Fazenda Santa Bárbara em São Francisco Xavier e na chegada dos clubes cerca de 500 metros do local o motorista do ônibus perdeu o controle da direção e ônibus caiu em um riacho. Cobertores rolando água a baixo, e de repende Sebastião pula na água para salvar alguém e na verdade se tratava de uma panela de pressão que estava sendo carregada pela correnteza motivo que mais a frente levarão todos a gargalhadas. Pela graça de Deus não houve nenhum ferido grave e o acampamento aconteceu?
Em 1987 participamos do primeiro grande evento que foi a feira de desbravadores, realizada em Guarulhos, no Parque ecológico do Tiete. Com exposição de artesanatos e trabalhos de arte manual. Neste mesmo ano, participamos de nosso primeiro Campori, na fazenda Arujabel. Esse foi o início dos grandes Camporis.
O clube participa da primeira prova do extinto ‘’Quem Sabe Prova’’ participa de maratonas, caminhadas, realizam mais acampamentos, cumpre classes progressivas, especialidades, almoços, tem um belo pelotão especial comandado pelo jovem Arnaldo Calado, levando o clube a ficar conhecido nos eventos da APL, na qual o evento foi a primeira inauguração da Escola Adventista de São José dos Campos. Foi um ano MARAVILHOSO. Sebastião de Assis foi o primeiro Líder a ser investido do clube Estrela da Paz.
 1987 – Conhecer Jesus é Tudo Arujá (III campori APL)
De 26 de agosto de 1989 até o final de 1992, tem no comando a Berenice Lopes dos Santos ( ou pinho) que assume com muita garra o desafio, o clube estava parado há alguns meses e ganha nova vida através do trabalho iniciado, foram feitas muitas campanhas, compra de barracas, fanfarra, com a ajuda de mães fazem as bandeiras de todos os estados do nosso país. O clube participou de vários desfiles, passeatas, arrecadação de alimentos, Aniversário da cidade, entre outras.
Foi uma época inesquecível tendo como marco do clube a fanfarra regida por Amauri, o clube teve uma participação bastante ativa na igreja e na comunidade mesmo tocando apenas ‘’cadências e parabéns pra você’’.
 1991 - Unidos Pela Luz – Suzano (VI campori APL)
 1992 - Além do Rio - Ilha Solteira ( II campori UCB)
Em 1993, assume o clube o irmão José Luiz Branco, que ficando pouco tempo, um ano voltado a ajudar as então chamadas dorcas, a diretoria participou do primeiro acampamento de treinamento realizado pelo clube Leopardos Azuis. Em maio o irmão José foi é chamado para ser ancião da nossa igreja e ele deixa a direção do clube.
Em 22 de Maio de 1993 a dezembro de 1997 assume o clube Teresa Cristina Ramos de Sousa ( Teresa e Cristina são a mesma pessoa?) Foi a primeira Lider Máster investida do clube Estrela da Paz em 1997.
 Na trilha dos pioneiros – Bragança Paulista (VII campori APL)
Em 1994, O clube participou de dois Camporis sendo que o da DAS tinha mais de 8mil desbravadores da América do Sul o clube voltou falando castellano .
 Heróis da Fé - Bragança Paulista (VII campori APL)
 Na trilha dos Pioneiros - Ponta Grossa Paraná (II campori DSA)
Em 1995 o clube participou de:
 Unidos em Cristo – Jacareí (IX campori APL)
Em 1996, o clube foi para 2 camporis um pequeno de campo e o Campori da UCB que foi realizado na granja do Torto em Brasília com a prticipação de mais de 5 mil desbravadores, esse campori teve muitos desafios devido á longa distância, mas Deus abençoou o clube grandemente, e pudemos ir a esse campori, junto conosco outros clubes foram também alguns membros do Falcões da Aurora (Bosque SJC) e Mensageiros do Vale (Taubaté) juntamente com o nosso.
 Unidos na esperança – Brasília (III campori UCB)
 Da Unidade para a Eternidade – Paraibuna (7 região campori por unidade)
Em 1997 o cube foi para o campori realizado no CTA de São José dos Campos.
 Na direção de Deus – São José dos Campos CTA (X campori APL)
Nesta época o clube tinha o lema de ‘’Tudo que te vier a mão para fazer, faze o conforme tuas forças’’ Eclesiastes 9;10. Neste período o clube adquiriu 14 barracas novas, fogão, equipamentos de cozinha, bandeira do clube, estandarte, nesta época se reunia na escola Matarazzo e depois as reuniões passaram a ser no estacionamento da igreja o clube finalizou o ano com 30 integrantes
Em 1998, assume a direção do clube a irmã Karen Delnia de Assis, que é membro do clube desde os 8 anos de idade neste ano, foi cancelado o Campori devido a um acidente que ocorreu na estrada de Campos de Jordão com um grupo de jovens de nossa região. Os jovens estavam indo fazer uma programação em Campos do Jordão quando houve o acidente e muitos jovens perderam sua vida. O clube realizou acampamento, participou do curso de capitão e conselheiro, tri-olimpiada, caminhada, trabalho missionário.
Em 1999, o clube atravessou uma fase muito difícil e por falta de pessoal para assumir a direção do clube, foi pedido a um irmão da igreja do Bosque Altair Alves que assumisse o clube. Ele prontamente aceitou o desafio e levou o clube para o Campori que aconteceu em Engenheiro Coelho. Neste ano, o clube participou de desfiles e acampamentos.
 Rumo ao Porto Seguro – Engenheiro Coelho (XI campori APL)
Em 2000 assume o clube Mabel Anco Ferri e Estevão Ferri, que dentre as muitas atividades promovidas, levaram o clube para o campori Regional em Mogi das Cruzes.
 É Tempo de Ver Jesus – Mogi das Cruzes
Em 2001 assume o clube o jovem Carlos Matheus de Faria
 Quase no Lar – Mogi das cruzes (XII campori APL)
Em 2002 ainda na direção Carlos Mateus de Faria, que leva o clube para o campori da UCB que aconteceu em Engenheiro Coelho, campus do Colégio UNASP II.
 Heróis de hoje – UNASP Engenheiro Coelho (IV campori UCB)
Em 2003 assume o cargo de diretor Flávio Santos mesmo com muita dificuldade, o clube participa do primeiro campori da APO . Neste ano, o clube realizou arrecadação de alimentos, classe bíblica e visitas missionárias entre outras atividades.
 Ensina me a Servir - Jaboticabal (I campori APO)
O diretor Flávio Santos ficou na direção do clube durante dois anos 2003 e 2004, e depois foi substituído pela irmã Geovania que também acabou ficando no cargo poucos meses.
Em 2005 foi um ano muito crítico, por falta de diretor, os jovens que estavam no clube foram ao campori juntamente com o clube Falcões da Aurora.
 Mensageiros do Rei
Em 2006 quem assumiu o clube foi Flávia a esposa do pastor Luis Carlos de Jesus, que também permaneceu no cargo por pouco tempo, e devido a uma série de dificuldades o clube não pode ir ao Campori.
Em 2007, assume o clube o jovem Jônatan David Tavares Solar. Ele veio com o desafio de estruturar o clube para que ele pudesse voltar a ser um clube ativo. Em meio a muitos desafios, ele aos poucos, juntamente com sua jovem diretoria conseguiu realizar um ótimo trabalho, inclusive, montando um projeto seu de cozinha desmontável, que ficou muito prática.
Em 2009 o clube participou do Campori em Mogi das Cruzes liderado pelo diretor Jonatham Solar.
 Por toda terra - Mogi das Cruzes
Em 2010, com o diretor Jonathan Solar, o clube participou da feira dos Desbravadores realizado no Parque da Cidade em São José dos Campos. Não houve Campori neste ano.
Em 2011, ainda sob a direção do diretor Jonathan Solar, o clube participou do Campori que foi marcado pelo grande alagamento, acarretando no término antecipado do Acampamento.
 Maravilhoso Conselheiro - Guará
Em 2012 o diretor Jonathan Solar deixou o cargo para iniciar seus estudos em Teologia no Equador e passou a bola para a irmã Tatiane Siro Goulart,
2012 Tatiane Siro Goulart que aceitou o desafio com uma nova diretoria, luta com bastante esforço e dedicação e consegue levar o clube para o Campori da União em Barretos.
 O Grito da Vitória – Barretos (VI campori UCB)
Em 2013 assume o jovem Wellington Tarso Com uma diretoria formada de jovens, faz um trabalho fantástico com as crianças, já que é uma pessoa muito carismática com a garotada. Ele teve a ajuda valorosa de dois voluntários, um deles já conhecido pelo clube Estrela da Paz Estavam Ferri e também da Cristina.
 Nos passos do Mestre - Arujá (IV campori APV)
Em 2014 o clube participou de algumas atividades.
Em 2015, o clube realizou festas para juntar dinheiro para participar do 7º Campori da associação Paulista do Vale, Viagens de Paulo. Buscar mais informações
Em 2016 o clube passa por uma reestruturação da direção anterior onde toda a direção sai em massa em fevereiro assume o clube o irmão José Maria Barcelos que permaneceu no cargo por apenas 6 meses, o segundo diretor associado Exler também saiu.
2016 e a direção foi assumida pela diretora Associada Kaliane de Oliveira Benedito agora no cargo de diretora, sem adultos para trabalhar com ela seu marido Oséias Benedito entrou como capelão e vendo a necessidade de mão de obra assume o cargo de diretor associado neste ano o clube participa do Jamporee acampamento realizado pelo clube Luzeiros do Vale alem de participar das atividades promovidas pela Associação naquele ano.
 Jamporee – Jacarei (XIX Jamporee)
Em 2017, o clube continuou sob o comando de Kaliane Benedito e do Oséias Benedito, porem o clube contou com uma direção mais elaborada retornou ao clube a Katia Regina Solar para atuar como diretora associada e secretária(ficou por 6m) o clube e o Ademir Rodrigues assumiu as instruções gerais do clube neste ano o clube se prepara para ir ao Campori da UCB em Barretos “Um Chamado de Coragem” porem o clube começou os preparativos para o campori em Março e o campori aconteceria em Julho e com a graça de Deus foram comprado 10 barracas personalizadas e o clube conseguiu levantar todo o dinheiro necessário com vendas de doces e pizzas e doações.
 Um chamado de coragem – Barretos (VII campori UCB)
Em 2018 Kaliane continua no comando do clube tendo como vice Oséias Benedito o Ademir continua responsável por intruções e o casal Simone Merisse (secretária) e Egmar dos Santos ( tesoureiro) entram na direção para somar, este ano o objetivo é ir no campori da DSA “ A melhor aventura” que ocorrerá em duas fases sendo que nós iremos de 15 a 20 de Janeiro de 2019.
Nosso clube está em pleno desenvolvimentos de suas funções, treinando sua diretoria e correndo contra o tempo para realizar todas as suas atividades.