Club Pathfinders EVEREST
Associação Bahia Norte

Data shown here is the responsibility of Club director EVEREST
EVEREST

EVEREST

Pathfinders

  • Members 15
  • Leadership 8
  • Total 23

Club information

Foundation

27/07/1983 (36 YEARS)


Region

03ª RDBN


Address

AVENIDA CARAÍBAS N° 167 - CENTRO
IRECÊ - BAHIA
44900000


Main meeting

SUNDAY
08:30:00


Classification

O clube de desbravadores Everest de Ireccê surgiu em 1983 fundado pela irmã Deisy Com o
apoio dos irmãos: Edmário Moitinho e Adelmir Moitinho, Altemar Soares e Antônio Edivaldo
da Silva. Já nos primeiros seis meses contava-se com a participação dos desbravadores:
Edvalsom, Edmar Barros Moitinho, Charles Barros Moitinho, Labib, Miriam, Flávia Macilene Adriano Dourado, Djalma, Ednália, Iara, Geralda, Urbano, Aroldo, Edvaldo Junior, Solange, Socorro entre outros. O primeiro acampamento foi realizado no mês de novembro de
1983, na fazenda do irmão Edivaldo Moitinho, com o apoio do pastor João Antônio.
Em 1984 a irmã Deisy continua na liderança do clube conquistando excussão para Alagoinhas,
contando com a participação do pastor Abraão Dantas, líder dos desbravadores naquela
época. EVEREST de Irecê surgiu em 1983, fundado pela irmã Deisy Alves, com o
No ano de 1986 a professora Deisy deixa o distrito de Irecê juntamente com o seu esposo
pastor João Antonio Rodrigues Alves. O Cube Everest então, passa por um terrível momento
de desânimo, no entanto Deus que sempre levanta novos líderes para sua obra, não nos
desamparou. Surge a irmã Vilma Pinto para liderar o clube e com o apóio de alguns irmãos
reforça a liderança e faz com que o clube se anime novamente.
Finalmente em 1987 o Clube com a ajuda e incentivo do coordenador “Netão”, conseguiu
confeccionar seu primeiro uniforme de gala, e obteve a realização de sua primeira investidura.
Cumprindo fielmente a parte que lhe corresponde em 1988 o irmão Adelmir Moitinho assume
a liderança do clube Everest. No ano seguinte passa o cargo de diretor para o professor
Eurivaldo que levou o clube a participar do seu primeiro desfile cívico na cidade de Irecê. E
também de um congresso. Ainda na liderança do irmão Eurivaldo conseguiu levar uma parte
do clube para participar do Camporí realizado em Guarapari no Espírito Santo.
Agora é a vez de Elivaldo Dourado (Bóy) assumir o clube Everest no ano de 1990, e consegui
levá-los para o Camporí em feira de Santana. Neste Camporí o Everest fica entre os dez
melhores clubes da Bahia.
O irmão Boy permaneceu na direção do clube no ano seguinte levou-os a participar da
primeira campanha de vacinação na cidade e neste mesmo ano realizou um grande
acampamento.
Inicia o ano de 1992 com uma nova direção, agora no comando de Dimas Moreira que realizou
um ótimo trabalho e assim o clube cresce e alcança vários objetivos propostos. Ao
reconhecerem o bom desempenho de Dimas no ano anterior. Agora em 1993 a comissão da
Igreja reelege-o para continuar na direção, cheio de motivação no decorrer do ano
desempenhou vários trabalhos importantes para o crescimento do clube e para benefício da
comunidade.
A direção do clube Everest retorna em 1994 para o Elivaldo Boy que cheio de vontade levou o
clube de desbravadores a participar de um belo acampamento, e realizar a especialidade de
arqueologia na gruta dos Brejões.
No ano de 1995 é a vez de Edvaldo Junior dar a sua colaboração, como diretor do Everest
impulsiona o clube a participar da excussão realizada na barragem de Mirorós e na campanha
de evangelismo realizada pela igreja central de Irecê, trazendo muitas almas aos pés de Cristo.
A obra não para e no ano de 1996 quem lidera o clube é o jovem Edmar Moitinho realiza
caminhadas, acampamentos, trabalhos comunitários e vários outros eventos que edifica e
fortalece o clube.
A bíblia é muito sábia quando diz que “o jovem” é forte. No ano de 1997, isso se concretiza
quando Francisco Diassis, um jovem de apenas dezenove anos assume a liderança do clube Everest, juntamente com a jovem Diana Gardenia como diretora associada, mesmo enfrentando dificuldades, mas com muita fé e determinação leva o clube a participar do quinto Camporí Baiano na cidade de Itabuna, trazendo quatro estrelas para casa.
Em 1998 Francisco Pereira (Bolinha) consegue uma sede provisória para realizar as reuniões
do clube, ainda nesta direção foi realizada mais uma campanha evangelística na Igreja central,
acampamento, desfile cívicos, e vários outros eventos edificantes.
No início do ano de 1999 abraça a liderança deste clube, a irmã Vânia Barros e leva o clube a
participar de mais um Camporí, este realizado em Feira de Santana Ba. Porém desta vez
voltaram mais felizes para casa trazendo cinco estrelas.
Novo ano Nova direção! Este ano o clube contou com a direção da psicóloga Drª Diana Gardenia, que
realizou inúmeros eventos importantes para o clube e a comunidade Ireceence, entre eles o
tão almejado acampamento para Morro do Chapéu onde foram realizadas algumas
especialidades.
A nova diretora no ano de 2001 foi Kátia Sueli que não ficou por muito tempo. Passando a
direção para o Francisco Pereira (Bolinha), este ficou o restante do ano de 2001 e 2002 e
realizou muitos eventos, trabalhos comunitários, e especialidades para crescimento do
Everest.
Depois de atuar por muitos anos como desbravador, em 2003 o jovem Felipe Moitinho
assumiu a direção do clube, e realizou um bom trabalho, adquirindo assim muito
conhecimento e experiência para sua vida pessoal e seu atual ministério pastoral.
Em 2004 o professor Evilásio dá sua contribuição assumindo a direção do clube. No ano
seguinte quem assume a direção é a irmã Macilene Barbosa.
Para continuar em família em 2006 continua Macilene e Altemar Soares até 2007, trazendo
muitas contribuições e crescimento para os desbravadores.
Neste período foram realizadas atividades cívicas, sociais, comunitárias, evangelísticas,
recreativas como um maravilhoso acampamento na Chapada Diamantina. E o inesquecível
Camporí do IAENE. Como o nosso objetivo é “dividir para multiplicar,” no final do ano de 2007
Por possuir um grande número de crianças, e por estas morarem em um mesmo bairro, a
direção do Everest resolveu dividir o clube fundando então o clube (Os Heróis do Saber.)para
poder multiplicar e continuar conquistando muitas almas para o senhor.
O bom filho a casa torna, em 2008 O Bolinha retorna e pega mais uma vez a direção do Clube
de desbravadores Everest levando-os a participar da campanha de doação de sangue “vidas
por vidas” e distribuição de folhetos para o evangelismo da semana do calvário. E também o
Camporí regional da 3ª região na fazenda Nova Canaã.
Nos anos de 2009 a 2011 quem está na direção do Everest, é a irmã Solange Pereira. Depois de
uma longa temporada longe dos caminhos de
Cristo resolve ouvir mais uma vez o chamado do Espírito Santo, e volta cheia
de entusiasmo para os braços do Pai. E atende o seu chamado duplamente
assumindo a direção do clube de desbravadores Everest. Durante estes anos foram realizadas
muitas atividades importantes dentro do clube como: participação no Camporí da UNEB 2010,
distribuição de folhetos, apoio em campanhas evangelísticas, atividades recreativas, festival de
louvor, acampamentos, atividades cívicas, atividades comunitárias, trabalhos missionários,
entre outras várias atividades. Durante estes anos sentimos a mão do senhor a nos guiar e
muitas bênçãos tem nos alcançado.
Em 2012 mais uma vez a direção do clube Everest volta para Francisco Pereira (Bolinha) onde
tivemos 2 acampamentos, semana de oração, reuniões feita na Fazenda Canaã a cada 15 dias
reuniões em outra cidade 1 vez ao mês e etc..
Depois de sete anos atuando como diretora associada em 2013 é Geralda da Silva Rodrigues
quem assume a direção ao lado de Sebastião Sergio (associado) e Ana Cássia (associada) neste
ano o clube se destaca em campanhas evangelísticas, campanha de doação de sangue, com
distribuição de livros a grande esperança e folhetos na semana do calvário, acampamento.
Além de ajudar bastante na construção do auditório da Igreja central. Ainda em 2013 Clube de
desbravadores por serem reconhecidos por diversos parlamentares da nossa cidade como um
órgão que tem oferecido aos jovens aprendizados diversificados no que concerne ao
crescimento físico, mental e espiritual, além de valores morais e sociais.
Através de uma visita feita por Tatiana Miranda (capelão) e Sergio (associado) ao vereador
Antônio de Jesus, o Toinho do Judô conseguiu instituir no calendário oficial do Município de
Irecê, na Bahia, aprovado com unanimidade na câmara de vereadores o Dia Municipal dos
Desbravadores, comemorado em 27 de julho.
No ano de 2014 por desempenhar um ótimo trabalho no ano anterior mais uma vez a irmã
Geralda foi escolhida pela comissão da igreja para assumir a direção ao lado de Sergio
(associado) e Dimas Moreira que depois de anos afastado estava de volta, também como
associado. Começamos o ano com uma direção grande e forte, tivemos acampamentos
piquenique e caminhada para cumprimento de requisito, estávamos com toda garra, quando
aproximadamente no meio do ano Sergio que era o nosso braço forte foi eleito coordenador
regional tendo assim que se desligar do Everest, pouco tempo depois outros membros da
direção por problemas pessoais também nos deixou, ficando assim apenas Geralda (diretora) e
Missilene (secretária)
Tivemos muitas dificuldade, mas mesmo assim o clube foi ate o final realizando muitos
eventos como gincana, visita a ABAI, projetos comunitários dia mundial e 1 batismo. Neste ano
também conseguimos através da secretaria Missilene organizar a secretaria do clube inclusive
a online.
Começamos 2015 com dificuldades a comissão elegeu Uendel como diretor que por questões pessoais acabou não aceitando, ficamos sem diretor até fevereiro, quando Edmar Moitinho, depois de algum tempo afastado do clube assume a direção ao lado de Missilene (associada) leva o clube ao 1º Campori da Missão Bahia Norte e conquistam a tão sonhada 5 estrelas, e aos poucos o clube vai voltando as origens.