Clube de Desbravadores Orient
Associação Sul Rio-Grandense

Os dados apresentados aqui são de responsabilidade da diretoria do clube Orient
Orient

Orient

Desbravadores

  • Membros 15
  • Diretoria 17
  • Total 32

Dados do clube

Fundação

14/04/1979 (40 ANOS)


Região

GUIMEL-DBV


Endereço

RUA SETE DE SETEMBRO 930 - SANTA TERESINHA
TAQUARA - RIO GRANDE DO SUL
95603-172


Reunião principal

DOMINGO
09:00:00


Classificação

HISTÓRICO DO CLUBE ORIENT

FUNDADO EM 14/04/1979 - Ainda como Missionários Voluntários - MV.
O Clube de Desbravadores foi fundado em 14/04/1979, pelo Desbravador Ogenio Pires dos Santos, tendo como ajudador (Diretores Associados ainda não existiam), desbravador Jorge Inácio Carneiro (conhecido como Jorjão), originalmente tinha como nome "Tristão Monteiro". Em seguida, no mesmo ano, o Clube passou a Ser chamado Clube de Desbravadores Orient. Mas é sabido que o Sr. Ogenio questionou a possibilidade do clube se chamar MAUNA KEA (em homenagem ao maior monte do mundo, situado em uma ilha no Havai), mas o nome não agradou aos integrantes da época. Então, o Diretor Associado, Jorge Inácio Carneiro propôs à igreja que o clube de chamasse ORIENT.

Do ano de 1981 a 1982, o Clube de desbravadores focou sob o comando de Jorge Inácio Carneiro, e seus ajudadores eram: Darlei, Ricardo (irnão do Deca), entre outros. Alguns desbravadores da época eram o Deca, Solange Cardoso, Clair e outros.

Em maio de 1983 o senhor Airton Cardoso e o Pastor Moisés Gonçalves, membros da igreja Sete de Setembro, reestruturaram o clube, já com seu nome definitivo, Clube de Desbravadores Orient.

Nos anos que compreendem de 1983 a 1992 a base da diretoria do clube foi formada pelas seguintes pessoas: diretor Airton Cardoso, diretor associado Darlei Figueiró Teixeira e secretária Maristela Gonzales. Sendo que no ano de 1990 a secretaria foi assumida pela jovem Berenice Teixeira.

Ano de 1983: O Orient participa do Primeiro Campori dos Desbravadores da Divisão Sul-Americana, de 28 de Dezembro de 1983 a 4 de Janeiro de 1984, Foz do Iguaçu, Brasil, tendo como pastor diretor do Campori o pastor Cláudio Belz.

No ano de 1993 a diretoria é formada pelos seguintes membros: diretor Gideoni Orlando Rosa da Silva, diretor associado Lídio Feix e secretária Saionara Gonzalez.

Em 1994 o ex-diretor Airton Cardoso retorna e a diretoria fica assim composta: diretor Airton Cardoso, diretor Associado Lídio Feix e secretária Saionara Gonzalez.

Ano de 1995 assume a diretoria do clube Gilberto Irala Noba, Telmo Brum diretor associado e Sainoara Gonzalez como diretora associada e secretária. Neste ano cabe ressalta que apesar da pouca experiência do diretor, todos os membros seguiram firmemente os propósitos e desenvolveram um excelente trabalho.

O clube neste ano de 1995, participou da I Olimpíadas de Desbravadores ocorrida em Novo Hamburgo/RS e do Campori da União Sul Brasileira em São José/SC, onde se classificaram em Classe B, obtendo uma medalha de prata.

Em 1996 a diretoria teve poucas alterações ficando composta da seguinte forma: diretor Gilberto Irala Noba, diretor associado Telmo Brum, diretora associada Claudeci Rosca Noba e como secretária Aline Gonzales.
Neste ano o clube participou de dois eventos, a II Olimpíada de Desbravadores em Caxias do Sul / RS e o XII Campori de Desbravadores ocorridos em Ijuí/RS, obtendo também a Classe B.

Ano de 1997 manteve-se a diretoria alterando a secretária, sendo assim temos a seguinte diretoria: diretor Gilberto Irala Noba, diretor associado Telmo Brum, diretora associada Claudeci Rosca Noba e secretária Aline Rosa.
No decorrido ano clube participou de duas atividades, III Olimpíadas de Desbravadores em Esteio / RS, obtendo a classe A onde conquistou 4 medalhas sendo uma de ouro, duas de prata e uma de bronze. Também participou do XIII Campori em Cachoeira do Sul / RS, obtendo a Classe A.

Em 1998 foi mantido a diretoria do ano anterior.
Com a graça de Deus o clube obteve “Classe A”, no VII Campori de Desbravadores da União Sul Brasileira, onde foram a maior delegação de desbravadores da Associação Leste/Sul Rio-grandense.

No ano de 1999, a diretoria recebeu o reforço dos membros, Marcos Paulus, Juliana Paulus, Cristiane Garcia e Nair Schimidt, essa última como diretora associada.
Foi um ano de muitas dificuldades, mas apesar de tudo o clube se manteve firme em seu propósito.

Em 2000 a diretoria mudou completamente, como diretor assumiu o irmão João Brito, diretores associados Arão Junior, Ângelo Henkel e Marelisa Garcia e como secretária Cristiane Garcia, isso até um pouco antes do Campori, pois por problemas alheios à sua vontade o diretor João Brito teve que se afastar do seu cargo, então foi escolhido novamente para ocupara ao cargo de diretor o líder Gilberto Noba e como associado Telmo Brum.

Em 2001 ocorreu uma nova mudança, entra como diretor o irmão Gideoni Rosa, e como diretores associados João Carlos, Marcelo Paulo Luz, Leci Noba, Angelo Henkel e Marelisa Garcia. Após um ano inteiro de muitas dificuldades chegaram ao Campori com pouca motivação, mas com esperança de conseguir uma classificação, com a ajuda de Deus conseguiram se superar e conquistaram “Classe A e duas medalhas de prata”, uma na Fórmula 1 e outra no concurso de pipas.

Já no ano de 2002, Leci Noba assume a função de diretora do clube, sendo ela a primeira mulher a ocupar tal função. Como diretores associados assumiu Telmo Brum, Gideone Rosa e Jonas Soloneto.

Em 2003 assumiu um novo modelo de diretoria, um grupo de jovens, porém com os diretores bastante experientes. Ocupando a função de diretor Marcelo Paulus e diretores associados Ildomar Soloneto e Josiete Souza, tendo como ancião Telmo Brum.

Em 2004 o clube iniciou suas atividades somente em julho tendo como diretor Temo Brum, diretoras associadas Ainda Reis e Luiza Cardozo. Sendo que neste ano a principal tarefa foi organizar uma equipe de apoio e recrutar novos desbravadores.

No ano de 2005 até o mês de maio permaneceu a diretoria do ano de 2004, a partir desse mês houve algumas alterações, sai Ainda Reis e entra Acelino Aguiar como diretor associado, e como secretária assume Andréia Aguiar.

Em 2006 assume a diretoria do clube Rodrigo Carvalho, diretores associados Ester Grass, Acelino Aguiar, Aracely Silva e como ancião Vitor André Schuck.

Em 2007 a diretoria se mantem da seguinte forma, diretor Rodrigo Carvalho, diretores associados Ester Grass, Acelino Aguiar, Aracely Silva e como ancião Edio Würfel.

No ano de 2008 assume como diretor do clube Acelino Aguiar, diretores associados Aracely Silva, Daniel Weber, Elenise Santos, Vitória Silva, Mara Würfel, como ancião Edio Würfel.

Em 2009 Acelino Aguiar é o diretor e como diretor associados assumem Daniel Weber e Aracely Silva. Como conselheiros assumiram Lázaro Júnior, Karina Ponce de Leon, Vitória Silva, Morgana Gonzalez. No meio do ano a diretoria sofreu alterações o irmão Daniel Weber assume como diretor do clube e como diretores associados os seguintes irmãos: Aracely Silva, Lázaro Júnior e Karina Poncie de Leon.

Ano de 2010 Daniel Weber manteve-se como diretor e assumiram como diretores associados Aracely Silva, Lázaro Júnior e Karina Ponce de Leon.

Ano de 2011, Daniel Weber permanece como diretor até a metade do ano, a partir de julho Francisco dos Santos assume com diretor e como diretores associados Aracely Silva, Diego dos Santos e Emiliana Melo.

Em 2012, até a metade do ano a direção é composta por Francisco dos Santos como diretor, Diego Santos e Emiliana Melo como diretores associados. Por problemas paralelos na metade do ano Diego Santos assumiu com diretor do clube, como diretores associados Emiliana Melo, Paulo Cardozo e como ancião André Lima.

No ano de 2013 Diego Santos permanece como diretor, tendo como associados André Lima, Veridiana Kappel Lima, secretária Morgana Gonzalez e instrutor Raony Abreu.

Em 2014 Morgana Gonzalez assume como diretora, tendo diretores associados André Lima e Veridiana Kappel Lima, Eduarda Melo como secretária, Raqueli Weber Lino como tesoureira e Jeferson Lino com instrutor. No meio do ano André Lima e Veridiana K. Lima retirara-se da diretoria e Telmo Brum assume como diretor associado.
Nesse ano o clube participou do Campori da Associação Sul Rio-grandense, na cidade de Igrejinha.

No ano de 2015 a diretoria é formada por Morgana Gonzalez como diretora, Eliane Muller como diretora associada, secretária Eduarda Melo, Raqueli Weber Lino tesoureira, Jeferson Lino instrutor e ancião Vitor André Schuck, Pastor Gilberto Messias.
O clube participou do IX Campori em Santa Helena no Paraná, conquistando padrão ouro.

Ano de 2016 a diretoria é formada por Jeferson Lino como diretor, Raqueli Weber Lino como Tesoureia, como conselheiros Fábio Rodrigues da Silva, André Luís Ramos, Victória Martins Cardozo, Luciane Santos Lima, Rodrigo Ferreira, aspirante a conselheiro João Pedro Vieira Brodt, instrutor Luiz Felipe Fernandes, diretora associada e secretária Eliane Muller e como ancião, capelão Vitor André Schuck e Pastor Gilberto Messias.

No ano de 2017, o Diretor votado pela comissão, Jeferson Lino precisou mudar-se deixando o cargo e o clube no início do mês de fevereiro, para ocupara a função de Diretor de Clube a igreja escolheu a então secretária Eliane Müller que segui a frente até o final do ano. Compos sua diretoria com as seguintes pessoas: Tesoureiro: Alex Correa da Silveira, Secretária: Jenifere Falavena, Instrutores: Rodrigo Ferreira, Conselheiros: Johavana da Silva, Letiere Lessa, Fabio da Silva, Aspirantes a conselheiros: Ana Júlia Michelon, Laura Kauer Schuck, Gabriel Metdsdorf Herrmann, Ancião: Vitor André Schuch e Pastor Gilberto Messias. Pastor departamental Douglas Pino, Regional: Erinaldo Mello, Secretária Regional: Rejane Mello, Distrital: Diego Santos.
Foi um ano bastante atípico, tendo em vista que toda a equipe de trabalho era bastante nova e inexperiente, foi um ano onde os desbravadores em fase de transição tiveram um grande desenvolvimento como líderes. O clube começou suas atividades com 38 desbravadores e concluiu o ano com 31.
O ano de 2017 também foi um ano histórico para nosso Clube e nosso região, foi o último ano em que fizemos parte da Associação Sul Rio-grandense. Nesse ano o Campori da Associação foi em São Lorenço do Sul, denominado Herdeiros da Justiça, baseado na história de Noé. O Clube chegou na quinta feira para poder montar acampamento e organizar a estrutura, porem na noite de sexta feira o Campori foi cancelado em decorrência das chuva e da possibilidade de alagamento da área do parque, que é banhado pela Lagoa dos Patos.
Em relação aos investimentos estrutural, em 2017 foi construído uma sala ampla para melhor acomodar atender as necessidades do clube bem como servir de depósito para o seu almoxarifado. A sala foi inaugurada no dia Mundial dos Desbravadores com a presença do Departamental da Associação, o Pastor Distrital e membros do Clube e da Igreja.

No final do ano de 2017 a comissão da igreja votou nova diretoria para o biênio 2018/2019, e a Diretoria foi Composta pelo Desbravador Josué Francisco (como diretor), a Desbravadora Eliane Müller (como Diretora Associada) e o Desbravador Telmo Vernes Brum (como Diretor Associado). Atuando como Ancião do clube permaneceu André Schuck, e como capelão Valério Nunes de Oliveira. Na secretaria do clube assumiu a Desbravadora Donatila Ribeiro Chagas e na Tesouraria Rafael Marques Silveira. Em 2019 houve mudanças da secretaria e tesouraria do clube, assumindo os cargos Johvana Azevedo de Oliveira e Paulo Eduardo Liskoski, respectivamente.
Como passamos a pertencer a Missão Ocidental Sul-Rio-Grandense, nosso Departamental era o Pr. Marcio Xavier. Logo a MOSR passou para a denominação de Missão Norte Sul-Rio-Grandense - MNSR, denominação essa que duraria até o final de 2019, pois já havia o sinal que a missão se transformaria em uma Associação, ou seja, Associação Norte Sul-Rio-Grandente (a partir de 2020).

A diretoria, no biênio 2018/2019, teve como grande desafio de levar o Clube de Desbravadores Orient, para o V CAMPORI DSA 2019 - A Melhor Aventura - (Edição Alpha), de 08 a 13 de janeiro de 2019. Com a graça de Deus o clube participou daquele "V CAMPORI DSA", bem como do "IX Campori - O Bom Combate", da Missão Norte Sul-Rio-Grandense, na cidade de Soledade, no período de 14 a 17 de novembro de 2019 (o último campori da missão). Foram muitos e grandes os desafios a frente da Diretoria, especialmente no ano de 2018, onde tivemos que buscar muitos recursos financeiros, uniformizar todo o clube com nosso uniforme de atividades, participar dos eventos regionais, cursos de formação e trabalhar o crescimento dos desbravadores no clube.
Em dezembro (2019), no culto de Gratidão e encerramento da programação do ano da Missão Norte Sul-Rio-Grandense, nosso clube recebeu Medalha de Ouro pelo trabalho do ano. Este reconhecimento foi dado ao Clube, após a saída do Departamental Márcio Xavier, pelo Departamental da nova Associação Norte Sul-Rio-Grandenre, Pastor Moisés Móra.

Estamos com um grande time e com a plena convicção de que nosso Deus está a frente desse Grande Clube de Desbravadores!

Em 2020 assume a nova diretoria, votada no final de 2019, composta pelos seguintes Desbravadores: