Clube de Desbravadores Cruzeiro do Sul
Associação Paulista Sudoeste

Os dados apresentados aqui são de responsabilidade da diretoria do clube Cruzeiro do Sul
Cruzeiro do Sul

Cruzeiro do Sul

Desbravadores

  • Membros 11
  • Diretoria 10
  • Total 21

Dados do clube

Fundação

01/12/1984 (36 ANOS)


Região

A2 - REGIÃO 2 - DBV


Endereço

RUA JOSÉ PEREIRA DA ENCARNAÇÃO, 81 (RUA DA ''CAIXA D'ÁGUA'') - JARDIM CAMPOS VERDES
HORTOLÂNDIA - SÃO PAULO
13186-160


Reunião principal

DOMINGO
08:45:00


Classificação 2021

A história do Clube de Desbravadores Cruzeiro do Sul tem seu reinício no ano de 1990.
Por alguma razão desconhecida, o clube, que estava ativo por volta dos anos 80, parou suas atividades.
Começava o ano de 1990 e a quantidade de juvenis, na igreja do Jardim Campos Verdes, era grande.
Nenhum dos membros da igreja tinha conhecimento do que era o Clube de Desbravadores, exceto o Sr. Lélio Machado, que já tinha sido diretor de desbravadores em anos anteriores.
O recomeço se deu no ano de 1990, quando começa nossa história relatada neste histórico.
Neste mesmo período a igreja recebia dois novos membros que se chamavam Joel e Noemi. Ela amava os juvenis e tinha como namorado Joel, de sobrenome “Zukowski”. Nesta época o seu irmão, Pr. Jean Zukowski, era departamental de desbravadores da então APC.
Com o conhecimento que tinham, Noemi e Joel decidiram reiniciar as atividades para atender às crianças da igreja, haja vista que elas estavam totalmente sem atividades para sua faixa etária. Somente Lélio, Noemi e Joel não seriam suficientes para iniciar as atividades, visto que a quantidade de crianças era grande e esperava-se que todos os juvenis viessem a participar.
Era de consenso que precisaria de mais pessoas para o trabalho. Então foram convidadas mais três pessoas, sendo elas: Lidia, Régia e João.
Foi preparado um treinamento para conselheiros (na verdade um curso para ser conselheiro/a), ministrado na cidade de Jaguariúna.
Conselheiros preparados, o clube começou suas atividades. Nessa época o clube não possuía nenhum material para desenvolver suas atividades, tudo era feito no improviso, mas com muito amor.
Mesmo com todas as dificuldades, nesse ano que marca o reinicio das atividades, o clube Cruzeiro do Sul participou de algumas saídas e ainda do seu primeiro campori. O clube não tinha barracas, material de cozinha, uniforme, mas mesmo assim a diretoria acreditou que era possível e o clube ‘aconteceu’. Também foi necessário dividir o valor do ônibus com outro clube. As barracas e material de cozinha foram tomados emprestados, mas a experiência vivida por todos foi inesquecível.
Nos anos seguintes já se tinha uma ideia da dimensão do trabalho a ser realizado para se conseguir estruturar o clube.
Várias campanhas foram feitas com o objetivo de levantar fundos para a compra de materiais. Com a bênção de Deus o clube começava a ter seus próprios materiais e a participar dos eventos com mais estrutura.
Os anos se passaram e a missão do clube Cruzeiro do Sul foi, é e será sempre ”Salvar do pecado e guiar no serviço”.
Durante esses mais de vinte anos, louvamos ao nosso Deus por termos em nosso clube diretores e diretoras que amam as crianças e sempre procuram fazer o possível e impossível para que o clube seja um agente ganhador de almas.