Clube de Aventureiros Luminares do IAP
Associação Norte Paranaense

Os dados apresentados aqui são de responsabilidade da diretoria do clube Luminares do IAP
Luminares do IAP

Luminares do IAP

Aventureiros

  • Membros 58
  • Diretoria 17
  • Total 75

Dados do clube

Fundação

01/01/1994 (30 ANOS)


Região

SIGMA - AVENTUREIROS - S2 - ANA MARA


Endereço

GLEBA PAIÇANDU, LOTE 80 - ZONA RURAL
IVATUBA - PARANÁ
87130-000


Reunião principal

SÁBADO
17:00:00


Link externo

Clique aqui para acessar


Histórico de Classificação

Este Clube ainda não foi 5 Estrelas no SGC

Clube de Aventureiros Luminares do IAP

Diretora: Vilma Larrossa de Lima

Vice-diretora: Silmara

Auxiliares: professoras regentes de primeira à quarta series.

O Clube de aventureiros do IAP iniciou no ano de 1994, como aulas extras curriculares para os alunos de primeira à quarta séries do Ensino Fundamental. Período em que todas terças-feiras e quintas-feiras, os alunos permaneciam no Colégio em tempo integral.
Iniciamos essa nova experiência de aulas, que eram chamadas de Oficinas no mês de março. Juntamente com a equipe pedagógica e as professoras regentes de cada série do primeiro seguimento do Ensino Fundamental, elaboramos o planejamento de trabalharmos com as
especialidades e com projetos o que foi muito bem aceito pelos pais e comunidade “Iapense”.


Cada série correspondia a uma classe do clube de aventureiros.

Primeira série - classe Abelhinhas

Segunda série - classe Luminares

Terceira série - Edificadores

Quarta série - Mãos Ajudadoras

Trabalhamos com as mais diversas especialidades (horta e jardinagem, música, pronto socorro,
padaria, cuidado do corpo, ...etc.

Montamos um projeto dentro do que chamamos de 'Os oito Remédios da Natureza' e aplicamos.

Um outro projeto que foi muito legal foi o de limpeza do pátio escolar. Os alunos do Colégio em
geral, estavam deixando muito sujo. Recolhemos o lixo do pátio por uma semana e elaboramos
uma exposição. Com cartazes de conscientização elaborados pelos aventureiros, com um caixão
funerário feito com materiais de reciclagem e o lixo recolhido exposto, chamamos a atenção dos
demais alunos, mostrando o que estava matando a beleza no nosso ambiente escolar.

As atividades elaboradas foram criando expectativas deixando as crianças tão entusiasmadas, no
mês de maio sentimos a necessidade de nos reunirmos também aos domingos.
Por necessidades as mais diversas nos unimos ao clube de desbravadores.

Gentileza do Prof. Davi então diretor do clube e juntos participávamos das atividades rotineiras
de abertura, depois nos dividimos para as atividades de cada clube.

O grupo foi criando forma e tivemos então que escolher alunos para nos ajudar.

Era um grupinho animado! Aline, Gustavo (Sacha), Adriana W. Palma, Eliete, Jin Galvão de Mello, chegaram com muita garra e vontade, enriquecendo ainda mais as atividades do clube aos domingos.

O Clube foi crescendo não de componentes, mas de necessidades.

Necessidade de o Clube ter um nome. Necessidade de matérias para trabalho.

Necessidades financeiras. Necessidade de uniforme, Bandeira e muitas coisinhas mais...
Iniciamos pelo nome, a campanha foi lançada e o mais votado foi 'Luminares da Colina'. Agora sim, já éramos realmente um Clube de Aventureiros.

E as demais necessidades, como solucioná-las? Éramos o único Clube da Associação Norte Paranaense e de material para aventureiros a ANP não tinha nada.

Então, nos valemos de nosso estado vizinho São Paulo, adquirindo da Associação Paulista Sul, todo material que utilizamos como: manual de orientação, apostilas, uniforme, bandeira... Que benção! Não tínhamos mensalidades, mas o Colégio e igreja supria todas as nossas necessidades financeiras.

Em setembro tivemos nosso primeiro acampamento. Isso foi realizado no pomar do IAP, utilizando as barracas dos Desbravadores e o alimento era nos fornecido pronto pela cozinha do IAP.

Foi uma programação muito animada e com ajuda dos pais tivemos a nossa primeira investidura de lenço e estreia do uniforme de gala no sábado à tarde, dentro do programa JA da igreja do IAP. Fizemos muitas atividades de especialidades porque tínhamos uma aula por semana para cada classe e ainda fazíamos também aos domingos.

Tivemos um eclipse solar bem numa quinta-feira, dia de período integral. Foi muito gostoso e produtivo observar a evolução do eclipse junto aos alunos. Para completar essa atividade convidamos o pastor Júlio Soares de Melo, que era pastor na igreja central de Londrina, que num sábado à noite veio e montou seu Telescópio, no campo de Futebol e pudemos então observar muitas estrelas, astros e constelações. Foi uma noite de muito aprendizado.

Com a consciência tranquila de um trabalho realizado com muito esforço e dedicação encerramos as atividades do ano de 1994.

No ano seguinte 1995, já não tivemos mais as nossas aulas de oficinas e período integral, mas o Clube já bem estruturado seguiu aos domingos com suas atividades normais.

Do ano de 1995 desejo registrar dois acontecimentos muito importantes para o nosso clube e para o crescimento de outros Clubes da Associação Norte Paranaense: O dia dos aventureiros era comemorado no último sábado do mês de março.

A igreja abriu espaço para que realizássemos um JA em comemoração ao Dia dos Aventureiros.

Fizemos um bonito programa com o tema: Já estão dentro todas as crianças? Queríamos algo mais. Os Desbravadores tinham o seu Hino e nós não tínhamos nada. Falei então com o maestro e compositor Prof. Wanderson Paiva, responsável pelo Conservatório do IAP e ele compôs o hino
' Somos Aventureiros Alegres', para o nosso Clube.

Com muita dedicação, ensinou, ensaiou as crianças e no sábado foi cantado pela primeira vez, o
hino que hoje temos como o hino oficial dos aventureiros pela Divisão Sul Americana. Foi uma
linda apresentação.

Como éramos o primeiro Clube da ANP, tive o privilégio de viajar com o departamental dosJovens e Desbravadores, para os cursos de lideranças
de desbravadores, espalhados pelas regiões da ANP passando algumas orientações quanto as atividades que realizávamos com o clube e
incentivado a olharem com carinho para essa faixa etária de crianças existentes em nossas igrejas.

O Clube também foi convidado pelo Ministério de Jovens Desbravadores da ANP., para participar do Campori Tri-regional de Desbravadores que aconteceu na Cidade de Goioerê. Fomos com 58 aventureiros e mais a equipe, como motivação para aberturas de novos clubes.

Ideia que deu muito certo e a partir do ano de 1996 novos clubes foram se formando e espalhando
pelo território da A N P.

Durante o ano de 1995. muitas atividades como: especialidades, homenagens as mães e pais, saídas como ao parque do Ingá em Maringá, para observar e complementar especialidades, participação em eventos e festividades do IAP foram realizadas.

Tivemos também nosso segundo acampamento no Horto Florestal de Maringá (Hoje lugar fechado). Local conseguido pelo pastor Antenor Macedo, diante a Prefeitura de Maringá. Nesse acampamento tivemos além dos aventureiros e equipe a presença da prof. Dirce Huf e do
pastor Eucir que ocupava o cargo de Diretor interno do IAP.

Com esses destaques e atividades normais encerramos o ano de 1995.

Deixo registrado esse pequeno histórico do clube durante os 2 anos em que com muito esforço, dedicação e gratidão primeiro a Deus, segundo a direção do IAP, pelo apoio e terceiro a equipe maravilhosa e dedicada de professores e alunos com quem trabalhamos.

Assim, foi o início desse grande Clube aventureiros do IAP.
1996 fomos transferidos para Maringá, onde também pude passar orientações para outros clubes.

- Vilma Larrossa de Lima.

Essa é história do início do Clube de Aventureiros no IAP, relato escrito da primeira diretora de clube de aventureiros e achei pudente manter cada frase, cada detalhe, cada informação para não se perder na história. Dito isso gostaria de continuar com mais detalhes e informações:

No início do clube de aventureiros participava o aventureiro Isaac Miranda e a aventureira Priscila Pereira Zampolli, em outubro de 1996 foi feito um batismo e eles foram os primeiros a serem batizados vestidos de aventureiros pelo pastor Naor Rossi na igreja do IAP. Essa é uma história
de gerações, depois de anos o filho de Priscila que chama Gustavo Pereira Zampoli foi aventureiro no Clube Luminares do IAP e posteriormente participou do Clube de Desbravadores Pioneiros do IAP. O filho do Isaac que hoje tem 8 anos Pedro Henrique Mandadori Miranda participa atualmente na unidade Edificadores do clube.

Na história do clube passaram os seguintes diretores:

Em 1994 e 1995 a diretora era Vilma Larrossa de Lima

Em 1996 a diretora era Marilânge Rossi

De 2002 a 2007 a diretora era Sueli Rosiney Pereira Governo

Em 2008 a diretora era Luciana Jardim

Em 2009 o diretor era George Gualberto

Em 2010 e 2011 a diretora era Karina Scalco

Em 2012 não teve clube

Em 2013 a 2020 a diretora era Sueli Rosiney Pereira Governo

Em 2021 até 2023 a diretora é Elen Almeida

Atualmente a diretora é Ariely Ruivo

Durante todo esse tempo o Clube de Aventureiros se desenvolveu e cresceu e hoje atende os filhos dos funcionários do Colégio da FAP e todas as crianças do bairro do Jardim Refúgio. Na atualidade é um clube bem dinâmico e com bastante história para contar, cheio de emoções e acima de tudo muita confiança em Deus.

Pré-inscrição aberta

É necessário ter a chave de inscrição do Clube (uma senha de 5 digitos) para iniciar seu pré-registro de membro nesse Clube. Se não possui a chave, entre em contato diretamente com o Clube


Preencha os dados para iniciar

Lembre-se que o membro precisa ter a idade completa até o dia 30/06 do ano em que irá participar


(Código fornecido pelo Clube para validar)


(Membro que irá participar no Clube)


(Membro que irá participar no Clube)