Club de Conquistadores Amigos da Natureza
Missão Sul Maranhense

Los datos presentados aquí son de responsabilidad de la directiva del club Amigos da Natureza
Amigos da Natureza

Amigos da Natureza

Conquistadores

  • Miembros 30
  • Directiva 29
  • Total 59

Datos del Club

Fundación

20/05/1989 (30 AÑOS)


Región

R3 DBV


Dirección

AVENIDA LIBERDADE - 193 - VILA IPIRANGA
IMPERATRIZ - MARANHÃO
65908-069


Reunión principal

DOMINGO
08:30:00


Link externo

Clic aquí para accesar

Clasificación

HISTÓRICO DO CLUBE AMIGOS DA NATUREZA
PRINCIPAIS INFORMAÇÕES:
DATA DE FUNDAÇÃO: 15 DE ABRIL DE 1989
LOCAL: CASA DA IRMÃ RAMUNDA ABREU LOPES (MÃE DO COLOMBO)/IGREJA ADVENTISTA DO SÉTIMO DIA DE VILA CAFETEIRA
FUNDADORES: AGENILDO LIMA, FRANCISCO JOSÉ DIAS (BRADOK), ANTÔNIO COLOMBO ABREU LOPES, IRMÃO RAIMUNDO PEREIRA
NÚMERO DE PARTICIPANTES QUANDO TUDO COMEÇOU: 20
PERÍODO INATIVO: 1 ANO (ANO DE 2000)
PRINCIPAIS ATIVIDADES DO CLUBE: ESTUDO DA PALAVRA DE DEUS, CAMINHADAS, ACAMPAMENTOS, REALIZAÇÃO DE CLASSES E ESPECIALIDADES, CAMPORIS, UNIDARIS, PERNOITES, CAMPANHAS MISSIONÁRIAS, EVANGELISMOS, PEQUENOS GRUPOS, ORDEM UNIDA, BANDA FANFARRA, INSTRUÇÕES EM GERAL.
CAMPORIS PARTICIPADOS:
1. Campori de Região “Jesus e Eu” (2002) Itaguatins – TO
2. Campori UNB “Cristo meu Tesouro” (2003) – Marabá – PA
3. Campori MMA “Reedificai o Templo” (2004) – São Luís - MA
4. Campori da MSMA “Sou do Criador” (2006) – Grajaú – MA
5. Campori da MSMA “No Brilho da Esperança” (2009) – Imperatriz - MA
6. Campori UNB “Fé em Fogo” (2010) – Paragominas - PA
7. Campori da MSMA “Esperança Inesgotável” (2012) – Santa Inês – MA
8. Campori DSA “Um Encontro Marcado na Eternidade” (2014) – Barretos – SP
9. Campori Maranhaozão(AMA/MSMA)“O Grande Desafio”(2015) – São Luís - MA
10. Campori UNB “Os Escolhidos” (2016) – São Luís - MA
Testemunho de Agenildo Lima Silva, um dos pioneiros do Clube Amigos da Natureza:
“Eu participava do Clube de Desbravadores Arautos do Rei, no bairro vizinho ao da Vila Cafeteira e com o surgimento da Igreja Adventista do Sétimo Dia no bairro, tivemos a ideia de criarmos um Clube de Desbravadores para que chamasse a atenção dos jovens que estavam tendo contato com a Igreja. O bairro tinha difícil acesso, mas com a ajuda da família do Colombo, sua mãe, Raimunda Abreu Lopes e juntamente com o seu esposo Francisco de Assis Lopes, os pioneiros do até então grupo de Vila Cafeteira, os quais cederam sua casa para as primeiras reuniões. O Clube até então com o nome “Unidos para Vencer”, realizou sua primeira atividade que foi uma caminhada para a região do ‘Bebedouro’ e como o nome do clube da central era Mãos Ajudadoras, tivemos a ideia de colocar o nome de uma das classes do clube, daí surgiu a ideia de Amigos da Natureza. Ter contribuído para essa história e ver a influência desse clube nos dias presentes, é um sentimento incrível e de dever cumprido.”

FUNDAÇÃO: Esta linda história de um Clube de Desbravadores, por nome Amigos da Natureza, começou no dia 15 de abril de 1989. O Clube surgiu a partir de uma ideia coletiva feita pelos membros da Igreja Adventista do Sétimo Dia de Vila Cafeteira. O local de fundação do clube
• Agenildo Lima Silva
• Antônio Colombo Abreu Lopes
• Raimundo Pereira
• Francisco José Dias (Bradok)
O número de participantes quando se deu origem a esse Clube, foi de 20 membros, jovens esses que em grande parte eram filhos dos irmãos da congregação de Vila Cafeteira.
1989/Diretor(a): Agenildo Lima Silva por 3 meses, em seguida Antônio Colombo Abreu Lopes.
O ano inicial do Clube de Desbravadores Amigos da Natureza, onde o nome inicial do clube era “Unidos para Vencer”. Um projeto que surgiu paralelamente ao surgimento da Igreja Adventista de Vila Cafeteira, onde nessa época era apenas um grupo. Esse clube esteve realizando atividades básicas e instruções sobre o funcionamento do Clube de Desbravadores e suas reuniões eram feitas na casa da irmã Raimunda Abreu Lopes (mãe do Colombo).
1990-1993/Diretor(a): Antônio Colombo Abreu Lopes
Nesse período o clube permaneceu sob a direção de Antônio Colombo Abreu Lopes, que em sua ousadia e seu espírito de liderança, esteve promovendo atividades para os participantes, como acampamentos, pernoites, instruções de sobrevivência e etc. O clube nessa época estava mais firme e muitos jovens passaram a conviver e ter mais contato com o Clube e a Igreja. Nessa época o clube estava mais solidificado e o crescimento em quantidade e em qualidade foi algo notável. Acampamentos no povoado do Barra Grande – MA foram experiências marcantes no início dessa época.
1994-1998/Diretor(a): Francisco José Dias (Bradok)
Nesse período o Clube de Desbravadores Amigos da Natureza esteve sob o comando do irmão Francisco José Dias, ou mais conhecido como Bradok, tal codinome, originou-se a partir do ato de bravura e salvamento dele para com uma das desbravadores em uma das atividades práticas do Clube. Bradok inseriu ao clube o contato direto com a mata, e os marcantes acampamentos no povoado de Barra Grande – MA tiveram grande ênfase nessa época promissora do Clube Amigos da Natureza. Instruções de sobrevivência, caminhadas noturnas, realização de atividades de ralação como o “cross”, dentre outras atividades espirituais propostas, deram uma certa contribuição para que o clube crescesse e muitos jovens na faixa etária de 8 a 20 anos, estivessem presentes, participando dessa entidade que se tornou conhecida pelo Bairro de Vila Cafeteira (Imperatriz - MA). Infelizmente não possuímos registros daquela época.
1999/Diretor(a): Rodvania Macedo
No ano 2000 entrou na direção do Clube Amigos da Natureza, uma mulher jovem, cheia de energia e vontade para trabalhar na causa. Rodvania era uma das desbravadoras mais experientes dos anos anteriores e o seu conhecimento sobre as áreas do Clube de Desbravadores fizeram com que o clube voltasse a prosperar, tanto em quantidade como em qualidade. As atividades do clube estavam voltadas para a espiritualidade, estudo da Bíblia, acampamentos feitos no povoado de Barra Grande – MA. Esse local ficou sendo um grande marco na história do clube, sendo assim, o acampamento no povoado de Barra Grande foi considerado um ato de tradição.
2000/ NESSE ANO O CLUBE FICOU DESATIVADO (1 ANO). PORÉM O ANO 2001 PROMETE...
2001/Diretor (a): Pedro do Espírito Santo Morais
O irmão Pedro do Espírito Santo Morais assumiu a liderança do Clube de Desbravadores Amigos da Natureza nesse ano. Um dos principais feitos como diretor do clube foi realizar o primeiro uniforme do clube. Esse uniforme era branco e tinha um símbolo que hoje é conhecido como D3 no meio e apenas isso. A simplicidade de um clube que ainda estava começando a se fortificar.
2002/Diretor (a): Francisco José Dias
No retorno do grande Bradok, o clube voltou com força total, nessa época, fizemos um outro uniforme, dessa vez, de cor verde e azul. Nesse ano o clube participou do Primeiro Campori da história do clube: II CAMPORI DE REGIÃO – Jesus e Eu, realizado na cidade de Itaguatins, na fazenda do Dr. Benne. Esse Campori foi um espetáculo, pois muitos jovens foram alcançados através das experiências desse evento.
Nesse Campori o clube conseguiu as tal sonhadas 5 estrelas.
2003/Diretor(a): Francisco José Dias (Bradok)
Sob a permanência de Francisco José Dias, o clube em 2003 continuou como uma organização muito forte da Igreja Adventista do Sétimo Dia de Vila Cafeteira. Muitas realizações o clube fez nesse ano, como acampamentos, caminhadas, atividades espirituais, porém o maior feito do Clube nesse ano foi ter participado do VI Campori da UNB com o tema “Cristo Meu Tesouro”, realizado na cidade de Marabá – PA. O clube nesse Campori conseguiu alcançar as 5 estrelas.
2004/Diretor(a): Jhonatan James de Sousa (Diego)
Nesse ano, o diretor Diego assumiu o cargo de diretor do Clube e prosseguiu adiante a história do Clube que até então esteve usando um uniforme de cor verde. Mas nesse ano a história de uniformes do clube teve uma mudança que ganharia sucesso e fama. A aquisição da cor laranja para os uniformes de campo do Clube. Uniforme esse que foi reconhecido por muitos como um marco desse clube. Então a famosa “laranjinha”, termo referente à camisa do clube foi originalizada. Essa mudança permanece até hoje, mas tudo começou em 2004. Nesse ano, o clube participou também do III Campori de MMA com o tema “Reedificai o Templo” realizado na cidade de São Luís – MA. O Clube nesse Campori foi uma união dos Clubes da Cafeteira (Amigos da Natureza) e da Vila Lobão (Arautos do Rei). Porém, nesse Campori, fomos com o nome Amigos da Natureza. Foi uma união muito interessante e o clube alcançou 5 estrelas nesse Campori.
Prosseguindo no ano de 2004, os projetos costumeiros como caminhadas, acampamentos, pernoites, trabalhos missionários, também aconteceram, fazendo desse ano, um ano recheado de eventos e programações.
2005/ Diretor(a): Jhonatan James de Sousa (Diego) pelo 1°Semestre e em Seguida Francisco José Dias (Bradok)
Nesse ano de 2005, sob a permanência do diretor Diego, o clube esteve atuando tendo como objetivo, programações missionárias no bairro e reuniões para cumprimento de classes e especialidades. No meio do ano, uma nova direção, porém não tão novidade assim , entra no clube: Bradok. As atividades de campo com o Bradok sempre foram algo que marcaram e trouxeram a identidade de aventureiro que ele possuiu e ainda possui. Por isso, nesse ano o clube acampou mais uma vez no Barra Grande e a solidificação das 3 unidades: Lobos, Jasmim e Gaviões, nomes esses que nunca mais foram trocados.
2006/ Diretor(a): Luciene de Sousa
Nesse ano, muitas mudanças ocorreram, sob nova direção, agora da irmã Luciene de Sousa, mais conhecida como Lúcia, o clube cresceu em várias outras áreas, como especialidades e classes, acampamentos, caminhadas, pernoites e muitas outras atividades. Nessa época, o clube estava com o objetivo de participar do I Campori da MSMA (Missão Sul Maranhense), que até então era parte da MMA (Missão Maranhense). Sendo assim, o Clube teve a oportunidade de participar desse Campori com o tema “Sou do Criador”, em Grajaú – MA. Eis algumas fotos:

2007/ Diretor (a): Luciene de Sousa
Com a permanência de Luciene de Sousa na direção do clube, juntamente com os associados Wdson da Silva e Deijeane Morais, o clube se preparou para mais um grande evento desse ano de 2007: O I Unidari da Mega 1 (Imperatriz e Açailândia), com o tema “O Sabor da Vitória”. Esse Unidari ficou muito marcado, pois foi um evento diferenciado onde o clube foi dividido em Unidades e as unidades deveriam “correr atrás”. Era um Campori, porém de Unidades. O Unidari foi realizado no Porto Seguro – Açailândia – MA. Graças a Deus conseguimos ter a pontuação de 5 estrelas para as 3 unidades presentes: Lobos, Gaviões e Jasmim. Nesse Unidari, nosso clube foi premiado em 1° lugar no Concurso de Música, que era por clube. Foi um momento marcante. Segue abaixo uma foto de um momento no Unidari.

Durante o ano de 2007, o clube participou de muitos outros eventos, dentre esses, acampamentos, caminhadas, olimpíadas de região, pernoites e atividades missionárias.
2008/Diretor(a): Evanilde Nunes dos Santos
Com a saída da diretora Lúcia e a entrada de uma outra grande mulher, Evanilde Nunes dos Santos, o clube participou de muitos outros eventos, uma vez que nesse ano não teve Camporis ou Unidaris. Entretanto, o clube fez um grande acampamento, que ficou muito marcado no Barra Grande – MA. Nesse ano o clube se consagrou com uma Ordem Unida característica e que virou marca: “a ordem unida a partir de movimentos robóticos, a marcha para trás, ordem unida com a sigla PAN (Pelotão Amigos da Natureza)”. A investidura desse ano foi algo marcante, uma vez que foi entregue pela primeira vez uma insígnia de excelência no clube, para o jovem Israel Gomes Morais.
2009/Diretor(a): Francisco José Dias (Bradok)
Com o grande retorno de Bradok na direção, o clube cresceu muito em quantidade, foi um ano marcado por um número considerável de juvenis em transição de aventureiros para desbravadores, o que foi algo bastante importante para o clube. Nesse ano, o clube participou do II Campori da MSMA, com o tema: “No Brilho da Esperança”, na cidade de Imperatriz – MA. Foi um Campori bastante marcante, inclusive com o 1° lugar no Concurso de Música e 1° lugar em Quadro de Nós, tal quadro possuía 80 nós, feitos pelo próprio diretor Bradok, um grande especialista em nós e amarras, além de representarmos a região no Concurso de Ordem Unida nesse Campori. Logo abaixo segue algumas fotos desse Campori:

Nesse ano, o clube promoveu muitos outros eventos, como um Acampamento no povoado do Barra Grande – MA, pernoite na Sede AMAI, no Bananal, investiduras e campanhas missionárias.
2010/Diretor(a): Antônio Colombo Abreu Lopes
Nesse ano o clube renovou o seu uniforme laranjinha, participou de eventos missionárias e o evento mais marcante do ano que foi o VII Campori da UNB, com o tema “Fé em Fogo”, Campori na cidade de Paragominas – PA. Campori marcado pelas músicas do evento, pelas provas, pelo acesso ao Parque Ambiental da Cidade de Paragominas e de um encontro com Deus através de palestras fortificantes. Nesse Campori o clube alcançou as tão sonhadas 5 estrelas e foi um evento único na vida de nossos juvenis. Eis algumas fotos desse evento:

2011/ Diretor(a): Antônio Colombo Abreu Lopes
Nesse ano de 2011, ainda sob o comando do diretor Antônio Colombo, o Clube Amigos da Natureza participou do II Unidari da MEGA 1 (Imperatriz e Açailândia), que assim como em 2007, foi no Porto Seguro em Açailândia – MA. Nesse Unidari, o clube foi com 2 Unidades: Lobos e Jasmim. Tivemos a honra de sermos 4 estrelas, nas duas Unidades, foi uma vitória e tanta. Nesse evento tivemos muitas provas de ralação, palestras, participamos de concursos, inclusive o de música, onde ficamos em 3° lugar. Nesse Unidari tivemos o batismo da desbravadora Laís Nathália, e muitas aventuras vividas. O tema do Unidari foi justamente esse: Uma Eterna Aventura. Nesse ano tivemos o cumprimento de classes e especialidades também.
2012/Diretor(a): Gênesis Rafael Rocha Negreiros
Foi um ano revolucionário na história desse clube. Muitas mudanças positivas aconteceram, dentre as principais que se pode destacar, o acréscimo significativo na quantidade de pessoas no clube, eram cerca de 50 membros ativos. Foi o ano de maior quantidade de Unidades também: Lobos, Gaviões, Jasmim, Linces e Leopardos, a qual teve origem nesse ano. Graças à nova direção solidificada e comandada pelo jovem Gênesis Rafael Rocha Negreiros, o clube realizou um grande acampamento, que dessa vez foi em um lugar totalmente diferente do acostumado: Ponta da Ilha – TO, onde era necessário um percurso de barco para chegar até esse local. O tema foi “Rumo ao Porto Seguro” e foi uma experiência nova e que marcou grandemente nesse ano de mudanças. Além desse acampamento, o clube teve a honra de conseguir através de muito trabalho, a sua fanfarra, feito esse que trouxe muito mérito. Com a ajuda de Deus, o sonho de obter a fanfarra foi realizado e realizamos uma belíssima investidura de classes regulares e avançadas, além de especialidades, onde conseguimos investir em mais de 80% do clube. Ainda mais, conseguimos levar essa fanfarra para o III Campori da MSMA, 2 semanas depois de obtê-la, com o tema: Esperança Inesgotável, em Santa Inês – MA. Nesse Campori fomos premiados como Clube Destaque, e a animação característica desse clube, foi algo que marcou muito nesse evento. Para esse evento, o clube renovou mais uma vez o seu uniforme laranjinha e abaixo segue algumas fotos desse grandioso evento:





2013/Diretor (a): Gênesis Rafael Rocha Negreiros
Nesse ano, o clube continuou a ser dirigido pelo Gênesis Rafael, a liderança de 2012 se manteve, e muitos resultados positivos foram alcançados, graças a Deus e fruto de muito trabalho. Um dos eventos mais marcantes nesse ano foi a realização do acampamento novamente na Ponta da Ilha – TO, dessa vez com 7 unidades, 6 do clube Amigos da Natureza e 1 unidade do clube Guardiões do Apocalipse. Nesse acampamento tivemos a presença do pastor Assis, e foi um evento sem igual. O tema do acampamento “Eu com Deus” foi realmente marcante e ali naquele lugar tivemos um verdadeiro encontro com Deus. Nesse ano tivemos a realização de muitas campanhas missionárias, inclusive na cidade de São Bento – TO, onde ali ministramos a Escola Sabatina, Culto JÁ e uma Social à noite. Tivemos a participação da fanfarra ali naquela cidade e foi um evento bastante proveitoso. Também realizamos investidura de classes e especialidades e tivemos a honra de sermos selecionados para o IV Campori da Divisão Sulamericana que aconteceria em janeiro do ano seguinte. Então foi um ano de preparação para esse grandioso evento.
2014/ Diretor(a): Gênesis Rafael Rocha Negreiros até janeiro, e em seguida Marcos Francisco de Paula


Conforme mostra as imagens acima, no início do ano de 2014 participamos do IV Campori Sulamericano em Barretos – SP, com o tema “Um Encontro Marcado na Eternidade”, que marcou a história desse clube como o maior evento já participado no decorrer da história desse clube, o que consagrou os 25 anos de história do Clube de Desbravadores Amigos da Natureza. Pela graça divina de Cristo, tudo ocorreu bem e conseguimos ser 5 estrelas e a vitória foi maior porque a jovem Nathália Silva se batizou nesse Campori. Prosseguindo no ano de 2014, sob a direção de Marcos Francisco, o clube participou de um acampamento no Setor Agrícola, e foi incrível. Nesse ano tivemos muitas atividades como arrecadação de alimentos, campanhas missionárias no Quebrando O Silêncio e instruções.
2015/Diretor(a): Alam Jheymison Araújo dos Santos
No ano de 2015, um novo diretor assume o clube, Alam Jheymison, um jovem bastante dedicado na obra do Senhor e que prosseguiu com essa belíssima história de vitórias no clube. Um dos eventos marcantes desse ano foi o acampamento de região que tivemos, e que foi uma interação bastante legal nesse acampamento. Além de termos participados do Campori Maranhaozão, com a presença dos clubes da MSMA e da AM, na cidade de São Luís - MA. O tema desse Campori “O Grande Desafio”, trouxe muitas programações marcantes, como a participação do Concurso de Ordem Unida, concurso de Fanfarra, onde ficamos em 4°lugar. Conseguimos as 5 estrelas nesse Campori e foi uma bênção termos participado desse evento.
Segue abaixo algumas fotos:


No decorrer do ano também fizemos muitas programações como visitas missionárias, participação nos evangelismos da igreja e nesse ano tivemos a benção de batizarmos a desbravadora Letícia Vieira no próprio Campori.
2016/ Diretor(a): Alam Jheymison Araújo dos Santos
Ainda sob a direção de Alam Jheymison, o Clube Amigos da Natureza participou de várias programções e evangelismos da igreja, participamos de um acampamento na Axixá – TO. Acampamento esse que ficou muito marcado. Nesse ano participamos de programações como Qubrando O Silêncio e nossas reuniões estavam voltadas para a pregação e para preparação para o VIII Campori de UNB – Os Escolhidos, que aconteceria em São Luís – MA. Esse evento foi uma bênção na vida de nossos juvenis e adolescentes. Segue abaixo algumas fotos:


2017/ Diretor(a): Alam Jheymison Araújo dos Santos
Com a permanência de Alam Jheymison como diretor, o clube participou de muitos eventos nesse ano, como acampamento que foi no povoado de 1700, arrecadação de alimentos, participação dos evagelismos e caminhadas. Foi um ano na qual estivemos trabalhando para melhorar nossa fanfarra e nossa Ordem Unida, tal qual conseguimos o 1° lugar no Concurso de Ordem Unida da Região. E também participamos de Desfiles levando a fanfarra e também participamos de programas comunitários como limpeza da praça da Vila Cafeteira e doação de roupas e ação comunitária pelo nosso bairro. Participamos das Olimpíadas da Região e nesse ano participamos de um Unidari realizado em Açailândia – MA, no Porto Seguro, e ali tivemos a honra de participarmos de um evento que trouxe muita alegria e histórias para contar.
2018/ Diretor(a): Alam Jheymison Araújo dos Santos
Nesse ano de 2018, ainda sob o comando de Alam Jheymison Araújo dos Santos como diretor, o clube participou de acampamentos, caminhadas e evangelismos propostos durante todos esse ano, participamos de olimpíadas, participamos do Concurso de Ordem Unida da Região, a qual novamente ficamos em 1° lugar, para honra e glória do nosso Deus. E esse ano de 2018 está sendo um ano de preparação para o ano de 2019, na qual iremos participar pela 2° vez de um Campori de Divisão Sulamericana, graças ao nosso Pai Celestial, evento esse que acontecrá também em Barretos – SP.