Club de Conquistadores Estrela de Ágape
Associação Sul Do Pará

Los datos presentados aquí son de responsabilidad de la directiva del club Estrela de Ágape
Estrela de Ágape

Estrela de Ágape

Conquistadores

  • Miembros 35
  • Directiva 21
  • Total 56

Datos del Club

Fundación

15/06/2013 (5 AÑOS)


Región

DISTRITO - PARAUAPEBAS - CIDADE JARDIM


Dirección

AVENIDA HAVANA, QD. 36, LT. 13 - VILA RICA
PARAUAPEBAS - PARÁ
68515000


Reunión principal

DOMINGO
08:00:00


Clasificación

O Clube Estrelas de Ágape foi fundado (reimplantado) no dia 15 de Junho de 2013 (não há registro datado em ata sobre a história do Clube antes dessa data) em uma reunião de Comissão na IASD do Vila Rica, Parauapebas – PA, sob a presidência do Pr. Felipe Mariano com a presença dos seguintes membros: Joás Bento, Tone Carlos, Diego Santana, Carlos Alberto, Edna Pinho, Izis Mendes, Marcos Lima, Cleiton Cutrim, Maria de Lourdes, Rinda Conceição, Francisco Augustinho e Gilvanete Leite, onde foi aprovada a reimplantação do Clube de Desbravadores Estrelas de Ágape, tendo como diretor e colaboradores o irmão Heldemárcio Cunha, Jhonata Malha e Girlane.
O que se sabe antes disso é que a então Regional Antônia selecionou algumas pessoas da sua equipe regional para que criassem/reativassem Clubes nas igrejas que não tinham Clube de Desbravadores ativo. Com isso, a Regional Antônia apresentou à comissão da igreja do Vila Rica o irmão Heldemárcio que ficaria responsável pela reimplantação do Clube nesta igreja (anteriormente chamado Agnus Dei e que, infelizmente, não progrediu). Com isso, foi acordado pela comissão da igreja que a liderança do Clube escolhesse outro nome para o Clube do Vila Rica. Ao ser levado a ideia para a liderança do Clube todos aprovaram. Metade da liderança optou pelo nome "Constelação" e a outra metade preferiu que o Clube fosse chamado de "Ágape". Então, para agradar a todos os membros de sua liderança, o então diretor Heldemarcio decidiu aglutinar os dois nomes sugeridos e, de forma criativa, sugeriu o nome "Estrelas de Ágape", sendo aprovado, unanimemente, por todos. A ideia original do nome “Estrelas de Ágape” é simbólica, significando “Mensageiros do Amor de Deus” (em profecia, a palavra “estrela” significa anjo, mensageiro; e a palavra “ágape” significa o amor maior, o amor de Deus). A partir de então foi feito o brasão e a primeira bandeira do Clube. Em 2014, foi realizada a primeira pernoite do Clube em um percurso de 16 km. O diretor Heldemárcio permaneceu no Clube no período de Junho de 2013 à Outubro de 2014.
Em 2015 assumia a nova liderança do Clube, sob a direção do diretor Carlos Alberto. Neste mesmo ano o brasão do Clube foi recriado, sendo idealizado pelo diretor associado do Clube, Neilson Gonçalves, e desenhado pelo então instrutor do Clube, Rubenildo Lima. A mudança aconteceu para que a arte do brasão tivesse relação com o nome do Clube e fizesse jus ao seu significado. A antiga estrela de cinco pontas trazendo consigo uma faixa com o nome do Clube deu lugar à figura majestosa de Cristo, tendo do seu lado esquerdo três estrelas representando os anjos (mensageiros) que levam as três mensagens angelicais ao mundo. O brasão também traz consigo informações sobre a geolocalização do Clube no Brasil, Estado, Cidade e Associação que pertencemos.
No ano de 2016, o Clube participa do seu primeiro Campori da União Norte Brasileira “Os Escolhidos”, sediado na cidade de São Luís – MA, sob a direção do então diretor Carlos Alberto e seus associados Cleude Linhares e Neilson Gonçalves. Participaram desse evento 15 desbravadores, incluindo a direção do Clube, que saíram desse Campori com a premiação máxima (cinco estrelas). Neste mesmo ano a metade do Clube conseguiu se padronizar com o uniforme completo de campo da ASPA.
Em 2017, sob a direção do atual diretor Neilson Gonçalves e seus associados Dulcimary Gonçalves e Jeferson da Silva, o Clube Estrelas de Ágape começou a organizar a sua Secretaria Padrão e a alimentar o Sistema de Gerenciamento de Clubes (SGC), bem como a estruturar as unidades e o Clube. Para isso foi realizada a I Trilha dos Bravos “O Brilho da Conquista”, do Clube Estrelas de Ágape, na Associação da Mocidade Adventista de Parauapebas (AMAP), nos dias 23 a 25 de junho deste ano. Foi elaborado um Guia de Orientações Gerais (GOG) para que as unidades cumprissem os requisitos para serem premiadas no final do evento. Até o dia do acampamento o Clube conseguiu adquirir sua primeira machadinha (na cor do Clube e gravado na parte metálica da machadinha o nome do Clube) e as unidades também conseguiram adquirir suas machadinhas e os seus banderins completo (com mastro, nome do clube bordado e os brasões das unidades sublimado). Os brasões das unidades (Áquila, Guerreiros de Órion, Rígel e Ursa Maior) foi idealizado pelo diretor Neilson Gonçalves e projetado no Corel Draw pelo nosso irmão Rubenildo Lima, para que os brasões tivessem relação com o nome das unidades tal como os nomes das unidades eram relacionados com o nome do Clube, recebendo aprovação da Comissão Regular do Clube. A nossa I Trilha dos Bravos deu direito a troféus e trunfos personalizados com o tema do acampamento. Fizeram-se presentes o Regional Dionatas, a Distrital e Líder Kárita (Distrito Cidade Jardim), o Distrital e Líder Aldo (Distrito Rio Verde), o Líder Denis e a esposa do nosso Pr. Jetro, a Isabele.
No dia 27 de Agosto participamos do I Encontro de Clubes do Distrito de Cidade Jardim e Vila Rica. Pela primeira vez na história do Clube participamos de uma apresentação de ordem unida onde, entre 14 Clubes ali representados, conquistamos o 2° lugar na ordem unida, o que foi motivo de grande alegria para nós! Fomos também muito bem representado em todas as outras provas!
No dia 7 de Setembro participamos do nosso primeiro desfile cívico, de forma representativa (levando o nome do Clube), com 15 desbravadores.
Ainda temos planos para este ano como uniformizar todo o Clube, participarmos do I Mega Camp (realizado pelo Polo III) e recebermos a premiação máxima do Ranking de 2017 da ASPA.