Club de Conquistadores Guardiões do Céu
Associação Rio Sul

Los datos presentados aquí son de responsabilidad de la directiva del club Guardiões do Céu
Guardiões do Céu

Guardiões do Céu

Conquistadores

  • Miembros 9
  • Directiva 7
  • Total 16

Datos del Club

Fundación

11/02/2017 (1 AÑOS)


Región

1ª REGIÃO B DBV


Dirección

RUA BRISA DA MANHÃ, LOTE 3 E 4 - PADRE MIGUEL
RIO DE JANEIRO - RIO DE JANEIRO
21725252


Reunión principal

DOMINGO
09:00:00


Link externo

Clic aquí para accesar

Clasificación

Em 2017 Gabriel Henrique Felix, membro recém batizado da IASD Afonso de Carvalho, começou um clube de Desbravadores, na sede da Igreja. Gabriel estudou a organização, a filosofia e os objetivos espirituais do movimento e com o apoio de membros da igreja fundou o clube.

Depois do voto e aprovação da comissão da igreja, o nome do clube foi decidido como Guardiões do Céu e tinha como diretora associada Edlaine Alburqueque, secretaria Nathalia Silva e conselheiro Bruno Alburqueque.

O clube inicialmente começou com pouca diretoria, mas que se esforçava ao máximo para sempre dar o melhor para as crianças.

No dia 11.02.2017 foi realizada a primeira reunião, com um total de 7 aspirantes. A assembléia foi ministrada pelo clube Gavião Real, que apresentou às crianças “o que é um clube de Desbravadores?”, fez com que elas escolhessem um nome para cada unidade, Estrelinhas (Unidade Feminina) e Guerreiros (Unidade masculina) e criassem um brado para as mesmas.
Felizmente, a diretoria se dissipou, a diretora associada e o conselheiro foram chamados por Deus para fundarem um clube de aventureiros, contudo, nunca deixaram de apoiar o clube.
Mesmo na falta de diretores, o clube resistiu, pois Deus sempre esteve no controle e enviou pessoas para que pudessem está apoiando no lugar deles.
Atualmente, o clube Guardiões do Céu participa de acampamentos, realiza trabalhos manuais, faz serviços comunitários como, plantio de árvores e limpeza da praça, e missionários, como entrega de livros e arrecadação de alimentos e muitas outras atividades.
“Participei de alguns eventos com meu antigo clube e senti vontade de fundar um na minha igreja, no início foi bem difícil, mas Deus nunca me tirou o desejo de trabalhar na obra dEle. Deus sempre me deu forças pra continuar e eu sempre soube que esse era o propósito dEle para minha vida, gosto de dizer que não eu, mas Deus é o diretor desse clube. O clube deixou de ser um local de reuniões e virou minha família, amo cada criança como se fossem meus filhos.” – Gabriel Felix