Club de Conquistadores Gaviões da Alvorada
Associação Pernambucana Central

Los datos presentados aquí son de responsabilidad de la directiva del Club Gaviões da Alvorada
Gaviões da Alvorada

Gaviões da Alvorada

Conquistadores

  • Miembros 28
  • Directiva 18
  • Total 46

Datos del Club

Fundación

22/04/2012 (12 AÑOS)


Región

REGIÃO 4


Dirección

AV. PÃO PIRES DA SILVA - CENTRO
CABROBÓ - PERNAMBUCO
56180000


Reunión principal

SABADO
18:15:00


Mensaje para Gaviões da Alvorada






Historial de Clasificación

Este Club fue 05 Estrellas en: 2018

O Clube de Desbravadores ÁGUIA DO VALE da cidade de Cabrobó, que foi idealizado em agosto de 2011 e oficialmente aberto em maio de 2012, o clube conta com 42 desbravadores investidos e 10 aspirantes, totalizando 52 pessoas, que se Reúnem aos domingos na Escola Municipal Vereador José Nilton Bione de Andrade às 15h.
Em 2020 na Direção do Diretor Pedro Kaio juntos com seus associados e lideres, resolvemos fazer uma mudança no nome do clube ÁGUIA DO VALE para GAVIÕES DA ALVORADA, todos estiveram de concordo com novo nome do clube. GAVIÕES DA ALVORADA tem em total de 44 Nembros.

JÁ na Direção da Diretora HIELIDA ela e seus associados e seus lideres realizaram uma reunião no dia 15 de ABRIL para fazer uma mundança no Horario das reuniões do clube, passando-se do domingo para aos sábados a noite de 18:30 até as 20:10 no mesmo local Escola Municipal Jose Nilton Bione de Andrade.

O Clube já tem 10 anos de histórias e conquistas , participou de vários campori seu primeiro campori foi na cidade de Caruaru , o tema do campori foi DESCOBERTAS ETERNAS , em seguida participou de vários como , A melhor aventura DSA, INABALÁVEL, SEMPRE FIEL entre outros campori. Ainda na Direção do Diretor Pedro Kaio, ele conseguiu uma Banda com varios instrumentos para o Clube Gaviões da Alvorada.
O Clube atua pelos bairros Sem Teto, IPSEP, Centro na Cidade de CABROBÓ-PE, O Clube pertence a igreja Adventista do sétimo dia do bairro do IPSEP.
“SER DESBRAVADOR E AVENTUREIRO” é sentir a presença de Deus no imponente silêncio de uma noite enluarada; é gostar do cantar da cigarra marcando o fim de mais um dia e o começo de mais uma aventura; é deliciar-se com a leve chuva que faz refrescar o interior da barraca e aquecer o coração despertando o senso de companheirismo e amor ao próximo; é sentir o toque suave do vento da montanha na face e o toque poderoso do Espírito Santo na hora da dúvida nos fazendo compreender a vontade de Deus