Club de Conquistadores ADVIR
Associação Pernambucana

Los datos presentados aquí son de responsabilidad de la directiva del club ADVIR
ADVIR

ADVIR

Conquistadores

  • Miembros 39
  • Directiva 21
  • Total 60

Datos del Club

Fundación

10/03/2015 (4 AÑOS)


Región

2ª RD


Dirección

RUA ZEFERINO AGRA, 262 - ÁGUA FRIA
RECIFE - PERNAMBUCO
52120-180


Reunión principal

DOMINGO
09:00:00


Link externo

Clic aquí para accesar

Clasificación

Em 1987, a partir da iniciativa do pastor Daniel Aragão, foi reativado o Clube de
Desbravadores da Igreja Adventista do Arruda, o antigo nome Luzeiros do Nordeste foi substituído por Advir, que tem um significado mais apropriado para um grupo juvenis missionários interessados na proclamação da breve volta de Jesus.
Com muito ânimo e garra foram reiniciadas as atividades. Nessa nova fase dos
desbravadores na Igreja do Arruda, os primeiros diretores foram Natanael Montenegro e Edson Rocha. Juntos puderam dar inicio a um clube que cresceria em número de membros e alcançaria vitórias materiais e espirituais. Em seguida ascendeu à direção Paulo César que levou o clube a participar do primeiro campori.
Por volta dos anos 1990, Gilton assumiu a liderança, porém passou poucos meses devido a transferência de residência, passando então a direção para Inaldo, que teve como sua associada Roselúcia Medeiros e tesoureiro Davi Clemente. Juntos assumiram por cinco anos. Este período foi marcado por um crescimento vertiginoso no número dos membros, alcançando 120 participantes.
Com doações de amigos e familiares de Inaldo foi construída a sala sede do clube, localizada no interior do salão de jovens. Esse período foi marcado também pela grande aquisição de materiais administrativos e de infraestrutura, perdurando até os dias atuais (2016). Ainda nessa fase o clube participou de diversos camporis, alcançando posições de
destaque, se tornando conhecido entre os clubes pernambucanos e dos estados vizinhos.
Após cinco anos dirigindo o Clube Advir, Inaldo se afastou da direção e casou-se com sua associada, Roselúcia. Na sequência o clube passou por uma série de diretores comprometidos com a causa, porém, não puderam permanecer por muito tempo. Eduardo Azevedo substituiu o antigo diretor, dando continuidade ao trabalho. Devido o exercício de sua profissão, precisou se ausentar da liderança, passando a direção para Assis, que também permaneceu pouco tempo. Sem uma nova direção, o Clube Advir ficou sem funcionar por aproximadamente 3 anos. Por volta de 1999, diante da solicitação da igreja, Elcio Lopes assumiu o cargo de diretor, permanecendo por um ano na liderança. Finalizada sua gestão, nenhuma nova direção foi estabelecida. Mais uma vez o clube foi fechado, dessa vez por um ano. Em
virtude do convite da igreja, Inaldo retornou às atividades do clube, assumindo a liderança. Em seguida, no ano de 2002, Eric Virginio é indicado por Inaldo para a direção, permanecendo até o ano de 2004. Nesse período o clube formou uma equipe de liderança forte e capacitada, que posteriormente seguiram novos rumos e fundaram o Clube Arautos do Advento, da Igreja de Campina do Barreto, sob liderança de Ivanildo e outros seguiram para reabrir o Clube Antares, da Igreja de Peixinhos, sob a liderança de Erica. Com a solicitação do pastor Florisberto Gomes, o clube transferiu sua sala sede para os cômodos
na parte de trás da igreja, onde é atualmente (2016), transformando a antiga sede em uma sala para atendimento pastoral.
No ano de 2005, Eric, devido compromissos profissionais, transferiu a direção para Guilherme Araújo e aos 19 anos foi votado o novo diretor. No mesmo ano, devido o legado da gestão dos antigos diretores, membros do Advir seguiram para o Grupo de Água Fria para fundar o Clube Estrela da Manhã sob liderança de Osias Neto e Diego Clemente.
Nesta fase, o Advir participou de importantes eventos da Associação Pernambucana (APe) como a I Olimpíada Regional e a I Gincana Distrital.
Em outubro de 2006, depois de aproximadamente 14 anos, o Advir voltou a
competir nos camporis da APe. Desde alguns anos, os clubes de desbravadores de Recife estavam vivenciando momentos difíceis, poucos clubes tinham recursos para participar de eventos, em função dos gastos com deslocamento e alimentação. Dessa forma, o Advir foi o único clube do distrito a participar do III Campori da Associação Pernambucana, realizado na Academia de Polícia, na cidade de Paudalho. O clube alcançou a pontuação de cinco estrelas. Neste ano a direção era composta pelo diretor Guilherme Araújo, diretores associados Manuela Romão e Jardel Tavares, secretária Ângela Alice e tesoureira Luana
Soares.

No ano de 2007, o Clube Advir realizou diversas atividades, dentre as quais se
destacou uma caminhada noturna, organizada junto com o Clube Atalaia, da Igreja dos Torrões e o clube da Igreja de Pontezinha (Cabo de Santo Agostinho). A caminhada ocorrida na madrugada do dia 27 de maio, em Ponte dos Carvalhos até a Praia do Paiva, teve participação de oito clubes, somando o total de 180 pessoas, em um percurso de aproximadamente 19km. Em agosto de 2007, Guilherme, em função de um intercâmbio acadêmico na Alemanha, transferiu a direção para Luana Soares, a primeira mulher, que aos 17 anos assumiu os desafios da liderança de um clube de desbravadores.
Nessa nova fase o clube renovou sua direção por completo. Luana, mesmo muito jovem e recebendo o apoio do seu associado Michael Bueno realizaram diversas atividades em conjunto com outros clubes da APe, contribuindo significativamente com o crescimento do número de desbravadores, que em pouco tempo entrou no ranking dos maiores clubes da APe, chegando a uma margem de 50 membros.
Nos anos de 2008 e 2009 o Advir participou de todos os eventos da APe:
olimpíadas, congressos, encontros, gincanas. O esforço para participação destes eventos teve recompensa não somente nas vitórias alcançadas, mas também na satisfação das crianças, que expressavam sem a mínima hesitação sua alegria em pertencer ao clube. Nessa ocasião cerca de seis desbravadores de famílias não adventistas foram batizados. O que registrou nestes anos também um forte regozijo espiritual, destacando a seriedade no trabalho desenvolvido por uma equipe jovem.
Em 2010, após 19 anos, o Advir voltou a participar do Campori da União Nordeste Brasileira (UNEB), sendo o único do distrito a alcançar cinco estrelas.
Em 2011, o clube, com apoio de membros da igreja, organizou um evento musical com o Quarteto Communion – o lançamento do cd em Pernambuco – realizado em setembro, no Centro de Convenções de Pernambuco. Os fundos arrecadados foram somados para custear a participação do Advir no IV Campori da APe, realizado em novembro do mesmo ano, no 4º BCOM (Batalhão de Comunicação do Exército), em Recife.
Luana permaneceu como diretora até o fim de 2012, precisando se ausentar, em
função das suas atividades acadêmicas. Durante todo o seu período diversas pessoas contribuíram como diretores associados como Ana Paula, Michael, Vanessa Catalina, Guilherme Araújo, Monique Viera com apenas 15 anos e Wellington Bezerra.
Em Março de 2013 Rebeca Simas, com 21 anos, foi eleita pela comissão a nova
diretora do Clube Advir. No ano de 2014, Luana Soares volta a direção.
Em 2016, Josué Araújo foi votado o novo diretor do Advir. Josué pertence ao grupo de coordenadores da APe e trouxe sua vasta experiência de mais de dez anos de direção do Clube Novos Gideões. Neste ano, logo após ter iniciado suas atividades o Advir foi tomado por assalto durante uma trilha na praia, no entanto as bênçãos do Senhor Jesus superabundaram sobre o clube, comprovando mais uma vez a fidelidade de Deus para com todos aqueles que trabalham diligentemente na sua obra. O clube tornou-se mais forte
diante dos desafios, houve uma ampliação no número de membros tanto entre os desbravadores como na direção, que se apresentam, ineditamente, cada dia mais apaixonados e comprometidos com a tarefa de salvar do pecado e guiar no serviço por meio de atividades lúdicas, recreativas e profissionais. Atualmente Josué tem a Larissa Ferreira como diretora associada, Inacenita Montarroyos como capelã, Wesley e Marina como conselheiros e Guilherme como instrutor.