Club de Aventureros Pequenos Bandeirantes
Associação Oeste Paranaense

Los datos presentados aquí son de responsabilidad de la directiva del club Pequenos Bandeirantes
Pequenos Bandeirantes

Pequenos Bandeirantes

Aventureros

  • Miembros 52
  • Directiva 16
  • Total 68

Datos del Club

Fundación

05/09/2009 (9 AÑOS)


Región

UMUARAMA


Dirección

JOSÉ TEIXEIRA D'AVILA - ZONA I
UMUARAMA - PARANÁ
87501040


Reunión principal

DOMINGO
09:00:00


Clasificación

No dia 5 de setembro de 2009, deu início as atividades do clube de aventureiros sob a direção da irmã Esther Teixeira Nanni, para vice-diretora a irmã Luciane Nunes, como associados, as irmãs Elke Maciel, Rosangela Alexandre, Talita Pastre, Vera Santos e Sidney Santos, com a presença de 23 crianças. O nome PEQUENOS BANDEIRANTES, foi aceito pelos diretores por unanimidade, do mesmo modo, foi aceito pela comissão da igreja, na época, presidida pelo pastor Heron Lopes da Fonseca.
Várias atividades foram realizadas, tanto na parte espiritual, quanto na física, na mental e também na familiar. Participaram de um desfile da cidade juntamente com os Desbravadores, fizeram visitas a creches, bombeiros, bosques. Nessa época o Distrito Central de Umuarama era integrante da Associação Norte Paranaense (ANP). Com a mudança de alguns integrantes da diretoria e de algumas crianças, encerraram as atividades em novembro de 2010, sem data prevista para retornarem as atividades.
Em 2013, Luiz Ruaro Neto juntamente com mais 4 pessoas, a saber, Antônio Manuel, Isis Gabrielle Bonifácio Neves, Ilda Alexandre e Kayque Alex, iniciaram novamente as atividades do Clube de Aventureiros Pequenos Bandeirantes. Os então líderes participaram do Curso Básico de Liderança de Aventureiros realizado em Foz do Iguaçu e trouxeram novas ideias para reerguer definitivamente o Clube. Iniciaram as atividades em março de 2013 com 15 crianças.
Naquele mesmo ano, o Clube de aventureiros participou do primeiro Aventuri de sua história. Agora não mais fazendo parte da ANP, mas da Missão Oeste Paranaense. Marcaram presença no I Aventuri da MOPr, realizado na cidade de Cascavel nos dias 4 a 6 de outubro, com o tema “Céu, Meu Verdadeiro Lar”. Deste Aventuri participaram apenas 10 crianças e apenas com o uniforme de campo, pois o clube ainda não possuía uniforme oficial.
Logo após o Aventuri, o então diretor do clube, Neto, foi convidado a participar de um clube de Desbravadores, quando então entregou o seu cargo. Já era final do ano, mas o clube precisava de alguém que desse continuidade às atividades e que trabalhasse para a continuidade do seu crescimento.
Então Grasiely Moreira Biudes Cardoso foi indicada pela comissão da igreja a ser a nova diretora, fato que se estendeu pelo ano que viria. Houve, pois, uma nova formação de líderes para o ano de 2014. Fizeram parte dessa equipe: Antônio Manuel, Jaqueline Nanni, Isis Gabrielle, André Álvaro, Vanessa Bertucci e Kauana Siqueira.
Iniciaram as suas atividades de 2014 em fevereiro, com 17 crianças. Foi feito um planejamento anual e houve grande vontade e desejo que essa obra fosse levada avante. No dia 18 de maio o Clube comemorou o dia dos Aventureiros na Igreja Adventista do Sétimo Dia, Central de Umuarama com uma linda programação. Desta vez, os aventureiros vestiam uniforme oficial, e 25 pessoas, entre crianças e adultos foram admitidas em lenço.
No ano de 2015, o Clube contou com a participação de Grasiely Cardoso e Jaqueline Nanni na direção, com o apoio da equipe formada ainda por Michel Couto, Katherinny Mattos, Isis Neves, Ilda Alexandre, André Álvaro, Kauana Siqueira, Fernanda Gallé, Paula Possagnolo e Aliadany. Somado a esta equipe contou com o apoio de vários pais de aventureiros, dos membros da igreja e dos amigos. Um coral foi estabelecido dentro do Clube, inclusive com a participação histórica de um Clube de Aventureiros no FEMUSA. Muitos equipamentos foram adquiridos para camping e outras atividades. Houve a participação maciça dos aventureiros no III Aventuri da MOPr sob o tema “Em Busca do Tesouro”.
Em 2016 o Clube cresceu ainda mais, a equipe de direção basicamente se manteve e se solidificou em experiência. A classe bíblica funcionou com fidelidade, prezando pelo crescimento espiritual das crianças. Em outubro foi criado, por Michel Couto, com a ajuda de André Vicente, um brasão que identificasse o clube.



O Brasão, que estampa em letras grandes o nome do clube, é envolto por uma linha laranja que faz lembrar a vista de costa de um lenço de aventureiros posto ao pescoço. Na ponta inferior está esculpida o ano de instalação do Clube e na ponta direita da faixa que leva o nome ‘Bandeirantes’ o verso que inspirou a imagem, qual seja, Malaquias, capítulo 4, verso 2 (Ml. 4:2) indicando que os aventureiros aguardam o retorno do Salvador Jesus, e que, nesta ocasião, saltitarão de alegria por presenciarem um evento tão esperado e magnífico. Dentro do brasão, ovelhas, que representam cada um dos aventureiros que aguardam o retorno de Cristo. Os demais elementos da figura representam a geografia local da cidade de Umuarama, sede dos Pequenos Bandeirantes, sendo que, o pasto verde representa a economia e vegetação local, haja vista a região ser reconhecida pela forte presença de pecuária. O formato do pasto, também faz lembrar um coração, com o significado de que um dos valores mais fortes do clube é o amor pelo ministério. O sol ao fundo, representa o clima da região de Umuarama, muito seco e quente, sobretudo nos dias de verão, mas também, simboliza o espetáculo que dá o sol ao se pôr a cada tarde, nos horizontes deste lindo lugar. Por fim, há uma árvore de Sibipiruna (Caesalpina Pluviosa), nativa do Brasil e característica de Umuarama que é amplamente arborizada e, na maioria, pela Sibipiruna. Esse Brasão tem acompanhado os documentos e camisetas do Clube Pequenos Bandeirantes desde então.
Ainda em 2017, houve a instituição do primeiro grito de guerra do Clube, utilizado para incentivar as atividades das crianças.

“Aventureiros somos nós,
Com Jesus andamos confiantes.
Levamos a mensagem de esperança.
Pequenos, Pequenos Bandeirantes!”

O grito de guerra foi criado por Michel Couto, e tende a inculcar, nos pequenos, o cuidado de Jesus por todos os aventureiros, bem como o serviço no qual estão empenhados. O grito tem sido utilizado após a oração ao final das reuniões e em ocasiões em que seja necessária o encorajamento os pequenos.
Sob a direção de Grasiely Biudes em 2017 os trabalhos foram iniciados, com planejamento, inscrições e formação da equipe, contudo, ainda no primeiro bimestre, Grasiely foi convidada pela Associação Oeste Paranaense a fazer parte do Ministério de Clube de Aventureiros como Líder Regional, fato que motivou algumas alterações no sistema de administração do Clube. A partir de então, foi decidido que o clube faria uma administração participativa durante o primeiro semestre e que, ao final desse período, se reuniria para nova deliberação a respeito da direção do clube. Ao final do semestre a direção foi reunida, a saber, Katherinny Mattos, Jaqueline Nanni, Humberto Nanni, Simone Venturini, Fernanda Gallé, Eline Velasques, Ísis Neves e Michel Couto tendo escolhido para indicar à Comissão da Igreja o nome de Michel Couto para continuar os trabalhos como Diretor do Clube. Em 1º de julho de 2017 a Comissão da Igreja Central de Umuarama votou o nome indicado de Michel Wilian do Couto para ser o Diretor.
O trabalho foi continuado assegurando o nível de qualidade e eficiência que Grasiely empreendia na direção. Vários aventureiros preencheram ficha e se preparam para o Batismo de Primavera, agendado para o dia 1º de outubro. Para o V Aventuri da AOP – Meu Primeiro Dia no Céu, o clube de aventureiros Pequenos Bandeirantes teve seu maior número de participantes até então.
Graças ao bom Deus, o clube tem seguido firme e seus líderes trabalhado arduamente para o crescimento do mesmo em seu distrito. O ano de 2018 se iniciou com mais de 40 crianças inscritas e sua liderança seguiu com a estrutura abaixo:
Diretor: Michel Couto.
Secretaria: Eline Velasque.
Tesoureira: Fernanda Gallé.
Capelã: Katherinny Mattos.
Instrutores: Jaqueline Nanni; Humberto Nanni; Patricia Franchini; Pedro Franchini; Simone Venturini e Isis Neves.
Todos estão aguardando ansiosos o VI Aventuri da AOP – O Grande Desafio, que ocorrerá na cidade de Cascavel/PR.
Os frutos de um bom trabalho podem ser vistos ao se atentar para o Clube de Aventureiros Pequenos Bandeirantes de Umuarama.
Esta é uma instituição sem fins lucrativos. Tem apenas o objetivo de despertar nos jovem o gosto pela natureza, desenvolvendo suas habilidades físicas através de gincanas, esportes, trilhas, também habilidades mentais através de estudo dos animais, plantas, profissões e especialidades segundo suas preferencias, patriotismo, boa conduta, companheirismo sempre e também espiritual, mantendo um bom relacionamento com Deus, que criou tudo para nós, trazendo sempre a esperança que a vida Cristã ensina.