Club de Aventureros Panda
Associação Oeste Paranaense

Los datos presentados aquí son de responsabilidad de la directiva del club Panda
Panda

Panda

Aventureros

  • Miembros 22
  • Directiva 13
  • Total 35

Datos del Club

Fundación

04/02/2001 (18 AÑOS)


Región

FRANCISCO BELTRÃO


Dirección

MINAS GERAIS, 1415 - N. SRA. APARECIDA
FRANCISCO BELTRÃO - PARANÁ
85601270


Reunión principal

SABADO
09:00:09


Link externo

Clic aquí para accesar

Clasificación

HISTÓRIA DO CLUBE DE AVENTUREIROS PANDA

O Clube de Aventureiros Panda foi fundado no ano de 2001 no município de Francisco Beltrão sob a direção de Edson Roberto Pereira e o apoio de outros voluntários. No ano de 2003 o Clube teve o privilégio de participar do primeiro Aventuri da União Sul Brasileira realizado no IAP, em Ivatuba - PR.

Por motivos diversos, nosso clube ficou fechado durante vários anos até reabrir no ano de 2013 com o incentivo do Pr. Julio Galvão Soares e o apoio de vários irmãos de Dois Vizinhos que vieram orientar e auxiliar esse recomeço. Alguns são: Ary e Lindamir Batista dos Santos, Emerson Tibes de Campos e esposa, dentre outros.

Foi então que surgiu a diretoria do clube composta pelos seguintes voluntários locais: Diretora: Joice A. Batista dos Santos Araujo, diretor-associado: Gustavo Scorsin Araujo, Secretária: Berenice L. Sartorti Soares e tesoureira: Kellen Cristina dos Santos, conselheiras de unidades: Talita Brito, Elizete Mara Zitkievcz Dutra e o casal Marileide e Reni da Silva.

Esta diretoria permaneceu ativa com a maioria dos membros, sofrendo apenas alterações necessárias durante o decorrer dos anos.

Desde o ano de 2013 o Clube de aventureiros Panda vêm se desenvolvendo e sendo notado no município e região por meio de seu trabalho envolvendo família e destacando valores.

Neste ano de 2017, pela graça de Deus, completamos quatro anos de atividades regulares e ininterruptas do Clube de aventureiros Panda após dezesseis anos da sua fundação. Agora, em 2018 a diretoria está composta da seguinte maneira:

Diretora:Elizete Mara Zitkievics Dutra
Diretor Associado: Anais Neis De Oliveira
Tesoureira: Evandro de Oliveira
Secretária: Marizete Lopes dos Santos
Instrutor:Gustavo s. araujo
Capelão: Michael Pereira Gonçalves
Conselheiros: Léia B. da Silva, Cléia B. Pusini, Jessica Guimarães, Simone da P. Christo Bacelar e Claudimir Pusin,Janete Lopes, Joice Araujo.

Temos atualmente 32 membros oficialmente registrados no clube e dispomos de projetos para aumentar ainda mais o número de aventureiros neste ano. Até aqui nos conduziu o Senhor.

Nossos ideais são cultivar OBEDIÊNCIA, REVERÊNCIA, BONDADE, COLABORAÇÃO VOLUNTÁRIA E PUREZA.

Somos Aventureiros alegres que confiam no amigo Jesus. Aprendemos que sempre devemos ser pra todos o brilho da luz. Descobrimos em tudo a beleza, e o amor de um Deus Criador. E amando a Cristo faremos maravilhas ao nosso redor!
História Mundial dos Aventureiros

Em 1972 a Igreja Adventista do Sétimo Dia, em Washington (EUA), sob a direção de Carolee Riegel, num Clube chamado “Os Castores”, tentou pela primeira vez, criar um programa específico para as crianças menores de dez anos.
Em 1975, outra Associação (Nordeste – EUA) realizou um programa focado neste grupo especial e cinco anos mais tarde, várias Associações já estavam seguindo estes exemplos pioneiros.

A ideia ganhou força e foi copiada em muitos e muitos lugares.
Em 1988, a Divisão Norte Americana convidou as Associações interessadas e pessoas especializadas em crianças para estudar a oficialização do Clube de Aventureiros. (Em algumas localidades já se usava este nome).

Uma comissão se reuniu, um ano mais tarde (1989) para atualizar o currículo, as Especialidades e estabelecer normas para a organização e funcionamento do Clube. Participaram deste trabalho líderes da Escola Sabatina infantil, educadores, coordenadores do Ministério da Criança (das Uniões e Associações), e outros especialistas em família e educação infantil.

No mesmo ano (1989), a Associação Geral oficializou as Classes dos Aventureiros (Abelhinhas Laboriosas, Luminares, Edificadores e Mãos Ajudadoras), confirmando o trabalho feito por Teresa Reeve. Ela escreveu o currículo dos Aventureiros com o objetivo de “facilitar à criança partilhar sua fé, se preparar para esta vida e para a vida eterna”.

Em 1990, o plano piloto do Clube de Aventureiros foi iniciado nos Estados Unidos, na Divisão Norte Americana. E por fim em 1991, a Associação Geral o autorizou, como programa mundial, estabelecendo seus objetivos, currículo, bandeira, uniforme e ideais. e assim foi se acontecendo mundialmente a criação de novos clubes.

Mais tarde, em 1995 o Pastor Wanderson Paiva compôs um hino para o clube de aventureiros do IAP (Instituto Adventista Paranaense), em Ivatuba, estado do Paraná, que veio a se tornar o Hino oficial dos Aventureiros, para a América do Sul.